Luz do Luar




É impossível conter os ponteiros do relógio,
As horas passam num piscar de olhos,
Os anos se desmancham como folhas secas.

Penso em tudo que vivi até agora,
Em todos os amores que tive,
Trouxe para minha essência as coisas boas de cada um,
E exterminei as coisas que não me fizeram bem,
Do mesmo modo devem ter feito comigo.

No decorrer do tempo que se dissolve rapidamente,
Ainda busco respostas para a verdadeira tradução do amor.
E chego a conclusão que amar é supostamente inexplicável.

Inexplicável como o timbre de voz que me faz arrepiar,
Como olhares sedutores que me desmontam,
Como sorrisos sinceros que me conquistam.

Ainda busco meu reflexo dentro da retina de olhos apaixonados,
Ainda tento me encontrar em abraços que apertam a alma além do corpo,
E perder-me em beijos que me fazem flutuar.

Os anos se desmancham como as folhas secas do outono,
E antes que a minha existência passe mais rápido que um flerte,
Ainda quero amar,
Mesmo sem saber ao certo se amor rima com dor,
E se amar rima com mar,
Que seja entao sob a luz do luar...




                                                            
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

8 comentários:

  1. Lin da poesia e tu sempre bem inspirada! Bom te ver! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Adorei amiga, muito bom te ler novamente, temos que viver intensamente para valorizar esse nosso tempo que é tão breve! Bjo gde!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, querida Vanessa!
    O poeta não perde a esperança e seus versos denotam isso...
    Bjm muito fraternal

    ResponderExcluir
  4. Olá Vanessa.
    Achei muito bom o seu Luz do Luar, um belo poema,
    sensível e inspirado. Um canto ao amor. Parabéns.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus arrasou dessa vez que lindo
    eu que arrepiei um poema encantador
    parabéns filha que seja sempre assim
    Bjusss
    Madrecita!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Vanessa como vai? Faz bem em não desistir de encontrar um amor que reflita em seus olhos a pessoa que você é. Eu tenho um amor assim e não há nada que substitua esse sentimento. :) Tenho certeza, irá encontrar, quando menos esperar. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Excelente poema, minha amiga, gostei imenso.
    Boa semana, Vanessa.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. E como passa rápido, então vamos amar com dor ou não, com mar sem mar....amei!!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações