Rumo





O caminho ao longe parecia simetricamente incerto,
Havia percorrido tantas direções que agora não fazia tanta diferença,
O caminho que se aproximava chegaria em algum lugar.

Seus pés cansados haviam percorrido estradas intermináveis,
Dia após dia,
Ano após ano buscando o inesperado.

Seus olhos haviam visto tantas coisas, pessoas e paisagens,
Que era difícil traduzir em palavras todas as emoções sentidas,
Os aromas de todos os passos dados estavam impressos na sua essência,
E nas solas dos seus sapatos.

Perdeu as contas de quantas vezes arrumou e desfez suas malas,
E de quantas coisas perdeu ao longo do caminho.

Seu lado carnal e materialista tentava sufocar o espirito com seus lamentos,
Mas seu lado espiritual insistia em dizer-lhe,
Que não havia perda alguma,
Pelo contrário,
Precisava apenas de maturidade suficiente para compreender que as coisas mais valiosas do mundo não tem preço,
São invisíveis aos olhos,
E não se carregam em malas,
Somente no coração....


                                                            
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

4 comentários:

  1. Boa noite, querida Vanessa!
    Vc escreve com sensibilidade e tem alma poética... que bonito!
    Nada que seja realmente valoroso tem preço terreno... é precioso demais, é impagável! Versos lindos!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  2. Nossa esse é realmente lindo, sei de
    cada passo de cada momento então só tenho
    que elogiar tbém cada palavras
    Bjusss
    Bjusss
    Sempre

    ResponderExcluir
  3. Olá, Vanessa, que poema liiindo! A caminhada nunca é em vão e acredito que chegaremos de alguma forma onde precisamos chegar.
    Compreender que o que vale a pena de verdade é o que carregamos dentro da gente, o que inclui pessoas, é mesmo um valor que vem com a maturidade e com a abertura do coração para os sentimentos que nos fazem vivos.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Que poema lindo e como estava com saudade de te ler.
    Somente com a maturidade é que perceberemos realmente o que importa de vdd e conseguimos deixar de lado tanta coisa que atrapalha nossa jornada.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações