Na Queda





Hoje friamente falando, como pude ter sido tão inconsequente comigo mesma,
Como pude ter aceitado tantas coisas que feriram-me, 
Como pude ter deixado que o veneno das palavras devastadoras que saia da sua boca percorressem minhas veias, a ponto de exterminar-me lentamente.

Lentamente fui perdendo a cor e o brilho,
Fui perdendo meus valores,
Fui deixando que o escuro da sua alma apagasse a minha luz,
Aos poucos fui perdendo-me.

Suas palavras destruíram-me em mil pedaços,
O processo foi doloroso, mas consegui reconstruir-me,
Consegui livrar-me das suas amarras, do seu ódio e do seu rancor.

Ainda bem que a vida é assim, surpreendente!

Foi dentro do abismo que atirou-me que encontrei em outra boca palavras doces, acolhedoras e carinhosas.
Palavras revestidas de amor surtiram como antídoto para o seu veneno...



                                                                         
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

9 comentários:

  1. A força das palavras tanto para o mal como para o bem...
    beijogrande

    ResponderExcluir
  2. Lindo e que bom que na até na tristeza, pode surgir a alegria! bjs, Chica

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que se pode voltar a amar, lindo poetar amiga Vanessa!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  4. Há sempre uma esperança entre tantos obstáculos com que deparamos... Há pessoas que nos fazem crescer e ver o lado bom de tudo na vida!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Vanessa
    É sempre assim... vence o bem!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  6. E como é triste ser ferida pelas pessoas
    ainda mais por quem não esperamos, mas o tempo é
    valioso e mostra o que somos realmente, podemos viver em
    paz sem ouvir nada de negro a nossa volta
    Um desabafo bem escrito
    Bjuss de bom final de semana
    Rita!!

    ResponderExcluir
  7. A vida sempre nos oferece oportunidades de reconstrução, basta querermos! Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Ainda que o mal nos atinja, sempre encontraremos palavras que o apagará de nossos corações.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Escreve com muita sensibilidade e doçura,tudo muito profundo.Me toca a alma.Estou encantada! Tanto a escritora quanto as escritas, são encantadoras.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações