Silenciosamente





Não ouço mais as respostas,
As palavras que eram pronunciadas dentro de mim calaram-se,
E o silêncio misturou-se ao vazio.

O silencio que foi provocado no coração incomoda-me,
Assustada, a boca tenta pronunciar as palavras que silenciosamente são caladas...



                                                                          
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

10 comentários:

  1. Descrevestes bem como sempre o vazio e o deserto que muitas vezes passamos.
    Gostei maninha linda como sempre nos toca com seus escritos.

    ResponderExcluir
  2. Por mais que tentamos muitas vezes é assim
    tudo foge do nosso controle, e não sabemos o
    que fazer, o silencio é triste mas Deus sabe como
    conduzir o que está escrito, agora é só ele....

    Bjuss
    Rita!

    ResponderExcluir
  3. Não podemos calar o coração...! Que o silêncio venha para que a alma fale! ;)

    ResponderExcluir
  4. Minha linda amiga, não deixes as palavras calarem!
    Aqui deixo o meu carinho, abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  5. Silêncio e vazio, como versos emudecidos! abraços

    ResponderExcluir
  6. Não cales as palavras!...
    Liberta-as... deixa que elas sintam o fascinio do voo...
    Só com palavras livres se podem alcançar todos os horizontes!

    Beijo,
    AL

    ResponderExcluir
  7. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
    António Batalha.
    Parabéns e muitas felicidades.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. por vezes não devemos calar as palavras, elas formam silêncios que por vezes ainda magoam mais.
    desejo um bom fim de semana.
    beijos
    :)

    ResponderExcluir
  9. Construção bonita amiga.
    Quem há de silenciosamente entender os porões da solidão.
    Mas as palavras se encantam e brotam em forma de canto.
    Uma semana de paz e luz.
    Bju

    ResponderExcluir
  10. E o que fazer com tanta palavra que ficará presa dentro?

    Abraços Vanessa!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações