Escolhas Improváveis


Olá Caros Leitores,

O Blog Escritora de Artes está com um novo visual, espero que gostem!
Agradeço a Elaine Gaspareto responsável pelo template, conheçam seu portfólio:

http://www.elainegaspareto.com/







Será que temos entendimento e amadurecimento suficiente para fazer nossas escolhas?
Se temos a facilidade de escolher o provável, porque sempre escolhemos o improvável?
Até onde podemos ou devemos ir?
Será que ajudamos ou atrapalhamos, quando tentamos trazer o outro para a nossa realidade?

Mas que realidade?
Nossa realidade será sempre diferente da realidade do outro,
Nosso ponto de vista será sempre diferente,
Sempre discordaremos e tentaremos convencer o outro que estamos certos,
Nossa religião é sempre a verdadeira,
Nosso time é o melhor,
Nossos gostos  são os mais requintados,
Nosso paladar é o mais apurado,
Nosso exemplo é sempre o melhor a ser seguido.

Mesmo assim, porque é tão difícil admitir um erro?
Não admitimos nada, porque ironicamente somos sempre os melhores, não é mesmo?

E na superioridade de cada um de nós, não percebemos que somos frutos de escolhas incertas e prisioneiros da certeza de cada uma delas...







Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

17 comentários:

  1. A soberba, arrogância e o "se achar superior" induz as pessoas a agirem assim maninha, é muito difícil encontrar alguém que aceite uma critica e reflita no que ouviu sem atacar primeiro a pessoa que esta falando.
    Isso é uma das coisas que mais luto pra mudar em mim.
    Adorei o escrito e o final vai pro Mural do Café.

    ResponderExcluir
  2. A verdade é tão subjetiva! Mas há sempre uma busca por uma ligação comum, na forma de pensar e acreditar! abraços

    ResponderExcluir
  3. Lindo e tão cheio de verdades! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Cada dia mais estamos mais complexos e mais obcecados por nós mesmos.
    Uma triste realidade, muito bem apresentada nesta postagem.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Um texto muito refletivo!

    Sem perceber, somos obrigados a fazer um enorme número de escolhas todos os dias.
    Somos escolhas mesmo antes de nascer, depois que nascemos aprendemos que, ao fazer uma escolha, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo nossa vida, seja ela certa ou errada a opção que tomarmos.
    Desde já desejo uma excelente páscoa a você e todos os teus.
    Um abraço com carinho!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  6. Vanessa tem sentido cada palavra sua, nunca
    encontraremos alguém que tenha todos os gostos
    nossos, alguns sim a gente concorda, por isso é difícil
    a sociedade viver bem, são muitas ideias, mas se quisermos
    ser feliz teremos que um ajudar o outro, assim da certo
    MAS cada um com seu cada um...........Erro.....Acerto....etc;;

    Bjusss de sempre mas é um escrito fantástico

    ------Rita!!!!

    ResponderExcluir
  7. Conseguiste pôr em palavras muitas das minhas inquietações.

    Um texto para refletir e de que forma.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Muito verdadeira essa msg,Vanessa! Precisamos aprender a aceitar mais as ideias de outras pessoas,pois não somos donos da verdade. Gostei de seu texto! bjs,

    ResponderExcluir
  9. Querida Vanessa primeiro quero dizer que o novo visual do blog está lindo, amei!!! De fato é muito complicado admitir erros porém é reconfortante e libertador quando conseguimos fazê-lo! Bjosss e Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  10. Tudo verdade o maior problema é admitir algo...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  11. Uma verdade, verdadeira rs.
    O blog está lindo, Vanessa.
    Parabéns.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. OI VANESSA!
    PRESA NA PROFUNDIDADE DE TEUS ESCRITOS, ME VEIO A MENTE, QUE SE PASSAMOS PELA VIDA SEM NEM NOS CONHECERMOS PROFUNDAMENTE, COMO PODEMOS NOS ARVORAR A SERMOS OS DONOS DA VERDADE, NÃO É MESMO?
    MUITO BOM PARA REFLETIRMOS, PARABÉNS.
    ABRÇS
    http://zizi-santos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Vanessa!
    Somos mesmo frutos de nossas escolhas. Temos o livre arbítrio para isso, mas como não sabemos das consequências que cada escolha trará, então vamos tentando, errando, acertando e, algumas vezes, aprendendo com elas. Viver é assim mesmo, de outro modo, que graça teria, não é?
    Beijos e tenha bons dias!

    ResponderExcluir
  14. Adorei o novo rosto do blogue e o texto de nos por a pensar...admitir um erro é uma das mais difíceis aprendizagens...mas não impossível:))!
    Passei para lhe desejar uma Páscoa Feliz, de Paz e Amor!
    Bjs
    Maria

    ResponderExcluir
  15. Olá prezada Vanessa, e que tudo esteja bem!

    Triste, deveras triste sim, porém são muitos que nascem e vivem, e até se vão sempre acreditando que são os donos da verdade, partem mergulhados no mais puro egoísmo por não olhar o próximo ao lado, por medo de se sentir humano!

    Como sempre que por cá venho encontrei mais este belo pensamento compartilhado, e que agradeço por isso, e também pela amizade e tuas gentis visitas e comentários que sempre por lá deixa, e já que por cá estou, agradecendo, deixo também um convite para que dê uma passada lá no sotblog, pois indiquei você e teu belo blog para uma tag das sete coisas, aceitando espero que seja divertido para você, nos mostrar mais um pouco de você, mas, caso não aceite participar, não se preocupe, nossa amizade será a mesma que se iniciou desde que nos conhecemos, deveras intensa, assim grato eu desejo que seja sempre tão intenso e feliz o teu viver, uma feliz páscoa, obrigado e, até mais!

    ResponderExcluir
  16. Minha querida

    Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  17. AMEI DE PAIXAO TUDO AQUI...

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações