Iceberg




Uma camada de gelo reveste o meu coração,
Não sei qual a dimensão exata da sua intensidade.
Talvez esse gelo todo seja do tamanho do iceberg que naufragou o Titanic,
Ou talvez essa pedra de gelo tenha um simples significado:
Proteção!
Mas seja lá o que for que me congela por dentro,
Só diz respeito a mim,
Esse revestimento é meu, e não seu!
Portanto, o que lhe cabe é tão somente o poder da decisão.
Ou fica e derrete esse gelo todo,
Ou vai embora sem jamais sentir,
O calor do meu coração...




Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

10 comentários:

  1. Oi Vanessa!
    Que "brabinha"...
    Que amor louco!
    É isso mesmo, nada de moleza
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Dessa vez foi um arraso
    Espero que esse gelo derreta, e apareça somente amor......bela comparação com o Iceberg
    Bjuss de boa madrugada

    __________Rita!!!1

    ResponderExcluir
  3. Gelo junto ao coração derrete cedo...acaba por derreter!
    Bom fim de semana
    Bjs
    Maria

    ResponderExcluir
  4. Linda e intensa poesia! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Pois é já tive uma fase em que meu coração pareia congelado assim...descreventes bem no poema parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. Que belo Vanessa!
    É preciso de coragem e amor para expulsar os gelos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Hehehehehehe, muito boa essa poesia!
    Tem que ver qual das alternativas ele vai escolher né?

    Uma linda e abençoada semana pra você!

    ResponderExcluir
  8. Não há gelo que resista ao sentir...
    O teu poema é magnífico, gostei muito.
    Beijo, querida amiga Vanessa.

    ResponderExcluir
  9. Olá amiga, penso que valha a pena derreter esse gelo rsr Bjinhosss

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações