Surpreendente




Enquanto dirigia senti sua presença,
Você misturou-se em meus pensamentos,
Cheguei a sentir o cheiro do seu perfume,
E a ouvir o som da sua voz.

Relembrei momentos inesquecíveis,
Relembrei a vida que havia em você,
Depois, inevitavelmente ela te deixando para sempre.

Você partiu,
Mas dentro de mim,
Ficaram todas as sensações possíveis,
E fragmentos seus, estão espalhados por todos os cantos.

Engraçado não ?
Como a existência mesmo sem “vida”,
Pode ser tão surpreendente!
De um mundo secreto, invisível e paralelo,
Você me fazia companhia,
Enquanto eu, dirigia...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

14 comentários:

  1. Essas presenças as vezes são sentidas, por alguns, acho maravilhoso. Lindo, bjua querida.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa,
    Nós nunca estamos sós, mesmo nos sentindo na solidão.
    Linda sua postagem.
    Venha ver amanhã minha homenagem
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Surpreendente, arrepiante, mas existe..Lindo!! Aplaca a saudade! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. É o universo paralelo acordando com partículas desprendidas, que tocam nossa alma! abraços

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Vanessa, sabe que é assim mesmo, eu tbém sinto a presença da minha mãe em vários momentos ao meu lado me fazendo companhia, adorei! Bjoooosss bom estar novamente com vc!

    ResponderExcluir
  6. Esa Melancolía y Nostalgia que siempre dejará en nosotros las máximas sensaciones posibles de plenitud...Preciosa Poesía.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ah! Estas presentes,ausentes presenças,nos surpreendem e até consolam.
    Um poema divino!!!
    Lindo Vanessa.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia minha linda filha que hj está em Atibaia

    Espero que curta bem por ai, sobre o poema ,com certeza sempre estamos acompanhada por uma luz divina que faz a nossa alegria.
    Que essa lua continue assim sempre na sua companhia e te guiando para o bem
    Abraços com carinho

    └──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Tudo bem?
    Menina que texto tocante esse!
    Mesmo em outra vida, as pessoas deixam marcas na gente.
    Cheiros, sons, sabores. Tudo traz lembranças né?
    Parabens pelo texto!

    ResponderExcluir
  10. São instantes mágicos esses em que sentimos a presença de quem já partiu daqui. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. O companheirismo pode ser tudo numa relação e sempre deixa agradáveis lembranças.Linda sua poesia,Vanessa!bjs,

    ResponderExcluir
  12. Oi querida,
    Obrigada pela visita que muito me faz feliz
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. Oi Vanessa!
    Comentários no E-Library, pra vc:

    Janice Adja18 de setembro de 2013 15:15
    Lindo poema.
    Palmas!

    Bruxa19 de setembro de 2013 11:57
    Bonito!
    Tem cheiros, momentos que nos lembram pessoas mesmo elas não estando próximas de nós.

    Abração.

    Anne Lieri19 de setembro de 2013 12:01
    Eu adoro as poesias da Vanessa sempre tão lindas e intensas!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações