Alfazemas



Desejava algo simples,
Simples como sua maneira de viver a vida,
Era feliz com o que tinha,
E materialmente não tinha nada,
Mas dentro do seu coração, a felicidade resumia-se em seus perfeitos cinco sentidos:
Enxergava a beleza da plantação de alfazemas,
Tocava suas flores,
Provava o mel que as abelhas faziam no seu quintal,
Ouvia o som dos pássaros,
Sentia o cheiro do perfume das flores e da terra molhada,
Isso, ouro nenhum pagava.

Não possuía nada além de tesouros dentro do peito,
Só sabia amar,
E amava intensamente as pessoas, os animais e a natureza.
Sentia-se completa quando abria a janela do seu quarto,
E apreciava o nascer do sol,
Olhava para o alto,
E admirava a imensidão do céu azul sem fim.
Observava com um sorriso nos lábios,
O orvalho da madrugada descer como lágrimas sobre as folhas verdes das flores,
Encantava-se com tudo aquilo.
Não desejava nada além,
Nada além da indescritível saúde que esbanjava,
E nada além, das fascinantes alfazemas que enfeitavam de uma cor única e espetacular, a simplicidade da sua vida...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

23 comentários:

  1. Que lindo viver assim esbanjando vida
    e alegria pelas plantações de alfazemas
    Gostei belas palavras
    Bjaooooooo
    Bom final de semana
    *♫♩•ღ´¸.•*´♫♩♫¨) ღ¸.•*♫♩♫¨).•ღ´¸.•*
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Preciosa imagen y Poesía llena de Aroma y color con esas fastuosas Lavandas.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir

  3. E já era tanto! Uma riqueza incomensurável, fundada na simplicidade das coisas e na pureza do coração.

    Cara Escritora,as suas palavras têm o sabor a mel e delas sai o perfume da Alfazema.

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo Vanessa!
    Simples e cheiroso quanto uma plantação de alfazemas.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa!
    Voltei pra perguntar se posso partilhar o texto no E-Library...

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa!
    Voltei pra perguntar se posso partilhar o texto no E-Library...

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  7. Minha querida

    Por vezes é na simplicidade da vida que pequenas coisas têm um valor imenso.
    Sempre profundo.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  8. Que bonito poema,Vanessa!Na simplicidade,toda beleza e felicidade da vida.bjs,

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com os dias tão corridos e as semanas passaram tão rápido que faz um tempinho que não retribuo sua visita ao meu blog. Desculpas. Mas aqui estou pra te deixar um beijo e desejar uma linda semana!

    ResponderExcluir
  10. Maravilhoso pena que poucas pessoas assim hj em dia dão mais valor ao material e por muitas vezes nem percebem as alfazemas no meio do caminho.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde querida, que texto maravilhoso, que imagem linda, tenha um lindo domingo iluminado por Deus, beijos!

    ResponderExcluir
  12. Alfazermas , campos delas...Lindo de ler...Adorei! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  13. oi Vanessa
    Esbanjar alegria e felicidade é a melhor receita da vida e acompanha de lindíssimas e perfumadas alfazemas. Eita que este é um sonho bom demais. Lindo poema minha querida
    Que a sua nova semana seja abençoada e repleta de muito amor e harmonia.
    Beijos com meu carinho e ternura
    Gracita

    ResponderExcluir
  14. Belíssimo poema!
    Você escreve lindo e muito inspirado.
    Parabéns!
    Bjinhos e um ótimo fim de semana :)

    ResponderExcluir
  15. Vanessa, penso ser esse o ideal de vida...a sociedade nos cobra posturas duras e produtivas, quando viver bem pode ser tão simples! Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. A alfazema só fala mesmo, com as pessoas simples! abraços

    ResponderExcluir
  17. Lindo viu Vanessa tbm dou valor a coisas que realente importam.

    ResponderExcluir
  18. Que lindo poema,Vanessa!Não precisamos de mais nada além da simplicidade de coração.bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
  19. Oi Vanessa,boa tarde :)
    que poema lindo e cheiroso!
    Uma vida enfeitada com alfazemas,
    é deslumbrante.
    E e na simplicidade da vida que estão os melhores encantos e belezas que dinheiro nenhum alcança.
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  20. Minha querida, há quanto tempo nos seguimos e só passei aqui há pouco tempo para visitar e divulgar minha página do Face.
    Hoje ao abrir o Firefox abriu na sua página! Estou maravilhada com tantos poemas maravilhosos e descubro que é filha da querida Rita e irmã da Patricia. Me perdoa não ter vindo mais aqui. Agora está entre meus blogs favoritos!!!
    Beijinhos em sua alma linda com perfumes de alfazemas...

    ResponderExcluir
  21. Isso se chama inspiração!
    De tão bonito!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi, li alguns posts do seu blog e achei muito interessante,com certeza você tem potencial, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, sei que será um grande blog pois é de fácil entendimento e o conteúdo é gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  23. Oi Vanessa, bom dia!!!
    Coments do E-Library:

    Ana Paula 7 de setembro de 2013 14:46
    Que escrita linda, suave.
    Exala o aroma de alfazema.
    Parabéns à Vanessa.


    Maria Luiza 8 de setembro de 2013 15:50
    Essa Vanessa escreveu lindamente! Gosto imenso! E de alfazemas também! Jan, um forte abraço e parabéns para Vanessa!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações