O Perfume



As fragrâncias misturavam-se no ar,
Um misto de rosas, almíscar e cravo amadeirado,
Era mais ou menos esse cheiro que ela deixava quando passava,
Para alguns, o cheiro era forte e adocicado,
Para outros, era exatamente o cheiro do pecado,
E para ela, era somente um misto das fragrâncias que ela adorava usar,
Para perfumar sua vida...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

17 comentários:

  1. Oi Vanessa, essa mulher é um tanto poderosa, assim como sua poesia. Muito linda! Uma linda semana pra ti. bjjjjjj

    ResponderExcluir
  2. O perfume, o cheiro que exalamos é também nossa marca e desperta desejos... Adorei! Bjus Vanessa, feliz semana.

    ResponderExcluir
  3. O perfume e a imaginação. Adorei!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Olá Vanessa!
    Intenso escrito em poucas palavras...
    Perfume, eu amo perfume, cheiro...
    Pura inspiração!

    Beijos!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  5. Realmente, o perfume marca de diversas maneiras.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia e bom começo de semana
    uma mulher que deixa um rastro de
    perfume por onde passa...uma linda mulher
    poderosa
    Abraços com carinho
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  7. Perfúmenes que revelan la personalidad de quien los lleva...Precioso.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  8. Que lindo maninha tem pessoas que são assim brilham e nem percebem.

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito amiga vanessa,que as rosas perfumem a tua vida para sempre,mil beijos,fica com deus e boa semana!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Os cheiros são poesias dá'lma perfumand nossas memorias e ler-te fez-me lembrar d'alguns cheiros que trazem-me lembranças felizes.

    Apreciei estar aqui Vanessa, é delicioso passear nesse teu mundo.

    Meus cumprimentos,tenha uma semana iluminada.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Vanessa, que sensual!!! O cheiro é, na minha opinião, uma das marcas mais sensuais de uma pessoa, tanto o natural, quanto o escolhido. Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. À cada um cabe o seu próprio perfume.
    Simplesmente lindo poema.
    bjs.

    ResponderExcluir
  13. Vanessamada,
    Paz
    Seu texto lembra-me Florbela Espanca - "exala o perfume casto d'açucenas".
    Mas foi Casimiro d'Abreu que a identificou como uma flor mimosa a reclamar fulgor àquele sol nascente que faz exalar o perfume da tua vida:

    A flor mimosa que abrilhanta o prado
    Ao sol nascente vai pedir fulgor;
    E o sol, abrindo da açucena as folhas,
    Dá-lhe perfumes - e não nega amor.

    Primoroso o seu texto
    Alberto
    quando dá-nos perfume e não nos nega amor.

    Como um perfume castos d’açucena
    Cinco pétalas roxas de saudade…

    Florbela Espanca - O Livro D’Ele


    ResponderExcluir
  14. Perfume sempre fica no ar....
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  15. O perfume fala por si só, e marca pessoas e momentos .Lindo

    ResponderExcluir
  16. Seja o perfume adocicado ou forte, ele atrai muito as pessoas, Vanessa passando pra desejar uma ótima quarta-feira, fique com Deus beijos.
    Blog:Lucimar Estrela da Manhã

    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook

    Fan Page

    Me encontre no Pinterest

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações