A Verdade Nua e Crua




As portas que trancavam a verdade haviam sido abertas por si mesma,
Tudo estava as claras,
A transparência dos seus atos e atitudes,
Transcendeu a alma,
E tornou-se a escrita da realidade,
A realidade libertou as palavras com verdades nuas e cruas,
Não sabia se seria aceita,
Mas estava aliviada,
Por ter coragem de admitir sem pudores,
Quem realmente era...

Caros Amigos e Leitores, convido-os a me conhecerem um pouco mais, fui entrevistada pela querida Paty Galis do Blog Café entre Amigos

Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

26 comentários:

  1. Vanessa por muitas vezes tentamos abrir nossa porta para que por ela saia toda verdade, tristezas, magoas
    e quando não temos coragem sofremos
    Por isso nessas palavras sei que teve a coragem e atitude adulta
    Nota 10000000000000000000000, seja feliz com a sua escolha
    Abraços com todo carinho
    Bom final de domingo
    Boa semana
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  2. Desvendar-se é maravilhoso. Ser bem entendida, igualmente. Adorei tua entrevista! beijso,chica(vi lá cedinho!)

    ResponderExcluir
  3. A transparência em palavras formando uma linda poesia! abraços

    ResponderExcluir
  4. Esa Verdad que, aunque duela, nos hace bien para estar a gusto con nosotros mismos.
    Precioso.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Vanessa!
    Eu sou o que sou... Ou seja diferente dos demais 7 bilhões. Abraço!
    www.beabadosucesso.com.br

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente MARAVILHOSO. Poder desnudar-se, desvendar qualquer mistério que possa aparecer. Ser, puramente verdadeiro. Lindo demais...
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa!
    Que Deus conserve seu talento para a escrita.
    Versos bem detalhados e claros,
    tem tudo a ver com sua entrevista de hoje.
    Continue corajosa,transparente e seja feliz!
    Abraços \o/

    ResponderExcluir
  8. Mesmo que doa e incomode, é preferível a verdade. Bjus querida, linda mensagem.

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir
  9. Vanessa.
    Que linda entrevista, fiquei emocionada com suas respostas e depois com os comentários, não ligue para minhas palavras, mas sou assim intensa e me emociono bem fácil. Achei-te linda, você abriu seu coração de uma maneira honesta e direta sem rodeios ou tentando se explicar. Claro que é um assunto delicado e foste muito corajosa. Minha filhinha (16) anos tem muitos amigos gays e observo o quanto sofrem por não poder contar a família sua orientação. Você sabe que com esta sua entrevista de alguma forma estará ajudando muitas mães deixarem o amor falar mais alto e aceitarem seus filhos com menos preconceito em seus corações.
    Quanto a poesia libertadora, todos deveriam agir com esta atitude e deixar de lado todo medo e se mostrar como realmente é e se sente. Agindo assim as pessoas poderiam serem mais felizes. Penso que é por este motivo que vivemos, fomos feitos da mesma massa, para sermos felizes e o resto não tem tanta importância assim.
    Mais uma vez parabéns pela atitude e obrigada por compartilhar, sei que não nos conhecemos, mas foi um prazer te conhecer.
    Deixo meu carinho e admiração. Uma semana linda e fica com Deus. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela entrevista reveladora e inteligente creio que deva estar sentindo um alivio, claro que não precisamos ficar gritando por ai o que somos, mas no atual momento onde estamos vendo tanta pouca vergonha, é bom saber que existem pessoas que são dignas, e que isso independe de sua condição sexual, já te admirava agora mais ainda.

    ResponderExcluir
  11. A verdade sincera é a melhor delas, pois se trata de alma se expõe por inteiro.

    Lindo.

    ResponderExcluir
  12. Não precisar fingir o que somos é uma das melhores coisas da vida, isso é privilegio para poucos a maioria passa a vida toda mentindo que tristeza né mesmo.
    Agradeço demais sua entrevista no meu humilde espaço foi uma honra.

    ResponderExcluir
  13. Passando pra ver como você está. Já fui lá, parabéns pela entrevista! E pela poesia, linda!
    Uma semana de muita paz e alegria!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Vanessa, las verdades no lastiman, ayudan a ser más fuertes. Es mejor ver la realidad que vivir en un sueño irreal.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  15. Olá sou um dos casos do divã virtual do café entre amigos, gostara de dizer que fiquei surpreso ao ler sua entrevista, foi uma das poucas vezes em que tive o prazer de ler alguém se declarar homossexual, pq não foi para gritar algo na nossa cara mas sim para expor o lado humano, de uma pessoa que é correta, digna e talentosa, se vc lançar um livro o comprarei pela grande escritora que é e não pq levantou uma bandeira o que não é errado, mas foi lindo ver o amor entre vc e sua irmã, meu irmão é gay, fazia 3 anos que não falava com ele, e ontem após ler tudo vi o qto estava errado e perdendo, pq ele é como vc, discreto e um irmão e filho maravilhoso além de cidadão, a vida dele com o parceiro é discreta, então pq eu tinha que deixa-lo triste, qdo disse que foi bombardeada com palavras que a machucaram fiquei envergonhado.E para minha surpresa ele aceitou vim até minha casa essa semana para conversamos onde claro pedirei perdão. Mais uma vez parabéns.
    (A)

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde Vanessa!!!
    Falar a verdade sempre é algo especial.
    Adorei te conhecer e vim através do blog da Kellen. Estava por lá vendo suas fotos da belíssima viagem à Karlovy Vary.
    Quando der venha conhecer meu cantinho.
    Seja sempre muito bem vinda!!!
    Desejo uma semana feliz e abençoada!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  17. Olá caro amigo A,

    Seu comentário me deixou emocionada, que bom que com meu testemunho pude ajudar em alguma coisa, e nao se esqueça de abraçar muito seu irmao, pois essa amizade será retomada...

    Abçs

    ResponderExcluir
  18. De portas abertas vê-se melhor!!
    Parabéns por teu lindo texto!!
    Beijos, Vilma

    ResponderExcluir
  19. Oi, Vanessa! Mais uma vez saio feliz por vir aqui e encontrar escritos que de alguma forma condizem com o meu momento.
    Importante o que disse....nem sempre nossas escolhas e verdades são bem aceitas, mas nada é capaz de trazer mais paz e alívio.
    Um abraço, seja feliz em suas escolhas.

    ResponderExcluir
  20. Vanessa parabéns pela coragem de abrir seu coração na entrevista, fiquei perplexo, não por assumir sua sexualidade mas sim pela dignidade com que respondeu todas as excelentes perguntas. Sou seu fã....esperamos o livro, Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  21. Procurando por receitas de café vi o Blog cafe entre amigos e sua entrevista, não tenho blog mas quero dizer que fiquei muito emocionada com o que revelou, tenho uma filha gay, ela mora em Curitiba, desde que ela nos contou que iria morar com sua parceira o pai não aceitou mais, a vejo escondida e isso rasga meu coração por dentro. Ainda tenho esperanças de tudo voltar ao normal, desejo que continue sendo essa menina maravilhosa e estarei sempre por aqui lendo seus poemas e contos.
    De sua mais nova admiradora
    Dona Silvia Lemos

    ResponderExcluir
  22. Oi Vanessa
    Lindo texto!Deixar a casa aberta é um tabu para muitos, mas não para mim, minha vida é um livro aberto.
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. "Mas estava aliviada,
    Por ter coragem de admitir sem pudores,
    Quem realmente era..."

    a liberdade sempre liberta...

    ResponderExcluir
  24. Melhor é ouvir a verdade do que ficar se enganando, mesmo que a verdade venha machucar é sempre melhor. Vanessa tem post novo lá no blog estrela da manhã segue o link abaixo, beijos.
    Links:

    Estrela da Manhã

    Divulgue seu blog no face

    ResponderExcluir
  25. Cunhada que bela entrevista conseguiu mostrar um pouco da grande mulher que se transformou, trabalhadora, digna e amiga.
    Desejo de todo meu coração que sejas feliz e que consiga lançar não um, mas vários livros, pois talento não lhe falta.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações