A Minha Espera




Precisava com urgência de um momento só meu,
Precisava afastar-me de você para compreender meus anseios e entendê-los,
Largada na cama olhava para o teto,
Enquanto meus pensamentos dançavam na minha mente ao som do silêncio,
Depois de algum tempo,
Mergulhei fundo num mar interior turbulento,
Assustei-me quando percebi que tudo era mais complicado do que imaginava,
Eu era apenas um barco solitário vagando no meio do oceano,
As fortes ondas e a terrível tempestade,
Impediam-me de seguir adiante,
Já não sabia mais para onde ir,
Pensei que estivesse perdida,
Mas a tempestade e as enormes ondas cessaram,
Então percebi que haviam mais direções a serem seguidas do que imaginava,
Norte, sul, leste e oeste,
Todas estavam ao meu dispor,
Todas me levariam a algum lugar,
Bastava apenas escolher.

Antes de partir sozinha,
Inexplicavelmente fui levada a um porto,
Lá meu coração disparou,
Pois no fundo da alma queria seguir ao seu lado,

Então para a minha surpresa,
Em qualquer direção,
Você estava a minha espera...





Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

25 comentários:

  1. Oii Vanessa, qdo a pessoa nos espera sob qualquer circunstância é por que o amor é de verdade! Adorei! Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Fiquei emocionada com esse poema e
    me identifiquei com ele, pq de alguma
    maneira tbém estou nesse, porto de
    algum lugar....E nele vejo que tenho
    alguém a minha espera..Viva que lindo
    adorei adorei como sempre, belas palavras
    Abraços de bom final de tarde
    Bjuss
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  3. ¡Que maravilla de historia Poética!
    ¡Que Final tan bonito!
    Palabras llenas de Libertad y, a la vez, necesidad de estar con el Ser que amamos.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Que lindo esse poema, como é bom termos alguém ao nosso lado.

    ResponderExcluir
  5. Difícil é usarmos da bússola de sentimentos para nortearmo-nos!
    Belo poema!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  6. Quando o que buscamos está em nós...
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  7. Linda literatura me encantou as letras que dividem os sentimentos em história..

    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá Vanessa!
    Quem me dera tivesse alguém estivesse a minha espera :(
    Lindo poema.
    Naveguei do início ao fim...
    Bjoks

    ResponderExcluir
  9. Olá, Vanessa.
    Ás vezes demora um pouco para podermos ver que estamos amando alguém, mas depois que conseguimos ver isso, tudo fica mais claro.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Oi Vanessa!
    Em qualquer ponto que você estiver, o amor estará impregnado no seu ser e suas emoções serão como o vaivém das ondas do mar.
    Você é perfeita, poetisa
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  11. Olá Vanessa, adorei a Trova! Por vezes, o isolamento e a reflexão nos leva a dar o devido valor aos que nos cercam e, principalmente, a quem amamos.
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Menina é vdd a gente pega um amor nesses bichinhos, parece minha filha, to pensando em pegar outra menina pra fazer companhia a ela...kkk

    ResponderExcluir
  13. Meu nome é Francis Perot, estive aqui em seu blog, achei-o interessante, meus parabéns. Meu blog POESIAS E CONTOS DIVERSOS, se desejar visitar e segui ficarei muito honrado.
    Se desejar seguir meu blog será uma honra

    ResponderExcluir
  14. Amei! Estes versos finais fecharam o poema com chave de ouro...
    "Então para a minha surpresa,
    Em qualquer direção,
    Você estava a minha espera..." Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Olá, querida amiga Vanessa
    Obrigada por ter-me comentado na minha longa ausência...
    A vida nos oferece surpresas lindas e a gente precisa estar atentas para percebê-las...
    Lindo o que escreveu!!!
    Tem convite pra vc no dia 9 (amanhã) e 10...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  16. O amor a sério é assim, quando é verdadeiro: espera-nos, não é esperado! ;)

    Obrigada pela visita à minha participação no 1º Contos e Prosas, ainda bem que gostou!

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Vanessa, querida, as vezes precisamos de um tempo só nosso,e olhar prá dentro de nós, para descobrir qual a direção a seguir.
    É importante que sigamos a voz do coração!!
    Parabéns por teu lindo poema!
    Obrigada pela sua sempre presença no meu blog. Obrigada, querida!!Beijos

    ResponderExcluir
  18. Vanessa, lindo e emocionante (com final feliz, que eu adoro!). Seu poema me faz pensar que só é possível seguir em frente quando nos reencontramos, e essa é uma tarefa um pouco árdua, e necessária. UM abraço!

    ResponderExcluir
  19. Passando para ler essas encantadoras poesias por aqui.

    Paty Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardec0oracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Belíssimo texto Vanessa. Um grande amor sempre estará à nossa espera.

    Vim conhecer o blog. Gostei muito de tudo o que li.

    Adoro escrever também.
    Já estou te seguindo.
    Um abraço.
    Lú Vilela




    ResponderExcluir
  21. Que lindo isso! É a verdadeira eterna união de corações. Parabéns! Escritora, a propósito, aceite meu convite e venha ver o texto de número 292 de minha literatura amadora. >>> HEMATÓFAGO no http://jefhcardoso.blogspot.com lhe espera. Abraço!

    ResponderExcluir
  22. Vanessa, que lindo texto!
    Qnd nos encontramos, também encontramos os outros. Tenha uma semana abençoada. Bjs

    ResponderExcluir
  23. Vanessa meus parabéns mais uma vez, hoje conheci teu blog, e li este texto a minha espera, muito bom me endentifiquei com essa história. Pois eu amo escrever a solidão.
    Vou te segui para ter mais contato com seus texto, que são maravilhosos.

    Meu conto vai está dia 28e29 com uma história real, Minha história.
    Oi gostei de conhecer teu cantinho.

    Bjs.
    Maria Machado

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações