Escuro




A escuridão insiste em tingir-me por dentro,
A pequena vela acesa que deixa-me na luz derrete-se rapidamente,
Não sei mais o que fazer,
E nem para onde ir,
Não há portas ou janelas,
Não há mais fósforos e velas.

Talvez eu esteja em processo de metamorfose,
E a escuridão transforme-me em alguma criatura das trevas,
Posso tornar-me uma vampira,
Para eternizar a noite no papel de uma protagonista sedutora que cause delírio em seu público,
Ou simplesmente posso desintegrar-me na escuridão que assola meu coração.

Na verdade nada sei,
Nada mais vejo,
A vela apagou-se e tudo ficou... ESCURO...




Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

30 comentários:

  1. Vanessa, ésa oscuridad me recuerda a la soledad.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  2. Que poesia linda! A vela pode voltar e aquecer corações! abraços

    ResponderExcluir
  3. Oiii Vanessa, muito belo amiga, e esta foto sua no final é linda demais! Que venha a luz rrs bjoooss

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa!
    Que linda essa poesia.
    De repente,o dia amanhece;
    e tudo vai clarear.Não haverá mais escuridão nem dentro,e nem fora...
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  5. re-nasce e o sol brilhará até no escuro.

    um bom fim de semana.

    um beij

    ResponderExcluir
  6. Esa oscuridad, cómplice de una soledad que nos embarga.
    Preciosa Poesía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  7. Minha querida amiga,
    Há sempre infinitas possibilidades guardadas dentro de um poeta.
    Transformar-se através da escuridão e fazer disso poesia, é apenas uma delas!
    Sempre admirável a sua escrita!
    Muitos beijos

    (e bom fim de semana também)

    ResponderExcluir
  8. Vanessa querida! Poesia linda! Triste... Muito expressiva.... Querida, isto do Top Blog não é justo, pois veja quanto tempo e quantos votos você pode estar deixando de ganhar.... Como eles poderão te compensar?.... Que o amor renovador e a Paz de Jesus Cristo
    habitem nossos corações sempre!
    Abençoado fim de semana!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Mas no dia seguinte, o sol volta a nascer!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. gostei de passar aqui o poema é lindo...

    beijos

    ResponderExcluir
  11. As vezes ficamos na escuridão pois não vemos saída, um belo poema retrata o que muitas pessoas sentem com certeza.

    ResponderExcluir
  12. Vanessa querida amiga, é triste o sentimento da falta de luz, esgota-se todas as tentativas e a escuridão se faz. Parabéns pelo belo texto. Beijos!!

    ResponderExcluir
  13. Bacana, mas acho que a escuridão não precisa, necessariamente ser algo ruim.

    ResponderExcluir
  14. A escuridão dá esse sentimento de fim sem regresso, mas a luz, sobretudo a interior, volta sempre.
    Belo texto!

    ResponderExcluir
  15. Lindo! Não deixe essa vela apagar se essa escuridão significar dor e infelicidade.

    Gostei muito.

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde, Vanessa. É justamente dessa escuridão que habita o nosso ser certas horas, que nascem as melhores criações, que damos asas à inspiração, tal qual esta sua poesia.
    Parabéns!
    Beijos na alma e fique na paz!
    Parabéns, pelo DIA DO POETA!

    ResponderExcluir
  17. Que profunda escuridão.....

    Deixa essa vela acender rapidinho
    e dar vida nesse escuro
    Muito bom adorei
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  18. Vanessa querida muito muito lindo um beijo e obrigado por teu cartinho Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  19. Olá, querida.Tudo bem?

    Seu poema lembrou-me o momento difícil que estou vivendo! Porém sei que, onde há o escuro, tb a luz chegará. Seu poema reflete a vida das pessoas.
    A esperança é importante faz parte da vida. Quando temos fé, temos tb esperança.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  20. Tem momentos que a escuridão chega, e é preciso também vivê-la, se há escuridões é porque algumas lâmpadas ainda precisam ser acesas por nós, como em uma citação que um dia li.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Vanessa, muito lindo seu poema, mas aproveite este processo de metamorfose, e transforme-se em luz, pois você é vida, é luz, se agarre neste portal!
    Minha querida amiga ganhei o prêmio DARDO e repasso para você com muito carinho!
    Sinta-se à vontade para aceitar ou não. Se for do seu interesse recebê-lo passe lá no blog e pegue o seu.
    Beijos
    Clarice

    ResponderExcluir
  22. A escuridão dá-nos a sensação de solidão e , às vezes, ela é nossa aliada. Todavia o dia volta a clarear e em torno de nós florescem companhias. Bjoks

    ResponderExcluir
  23. Olá Vanessa!

    Desculpa a ausência.

    Gostei da poesia, mas é triste...

    Ganhei o Prémio Dardo em reconhecimento do meu trabalho e reconhecendo a qualidade e, o excelente trabalho que tens feito no teu blog ofereço-te este prémio com carinho e amizade. Então, passa no blog e vem buscar o teu selo. É só clicares na imagem directo, que o link da imagem vai abrir.

    Parabéns!

    Um beijo,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Ola Vanessa!

    Depois de um tempinho ausente aqui estou pra matar a saudades...
    Adorei sua poesia, essa escuridão é terrível,mais é preciso aprender a lidar com esses momentos na nossa vida.O importante é não deixar a vela apagar.


    Deixo um grande abraço, com desejo de uma ótima semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Olá Vanessa,
    Venho trazer-lhe votos de uma ótima semana e aproveito para perguntar se recebeste meu e-mail?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  26. Vanessa, depois da escuridão vem a luz.

    Lindo poema. Bjss

    ResponderExcluir
  27. Olá Escritora! É difícil falar da crise, mas poetizá-la é muito mais. Adorei. Um beijo

    ResponderExcluir
  28. Olá, Vanessa.
    Tem vezes em que a escuridão parece tomar conta de nós e nada mais parece existir.
    É nestas horas que devemos procurar alguma luz, seja ela um ente querido ou simplesmente alguém que precise de nós e não consigamos ver isso.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  29. Oi Vanessa
    Há sempre um luz no meio da escuridão
    Agarre-se a ela
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações