O Som das Harpas



Ao olhar para o céu o inesperado aconteceu,
Os anjos contentes flutuavam no ar,
E tocavam majestosamente suas harpas.

Aquele som carregado de emoção,
Ultrapassou as barreiras do sonho,
E quando despertou,
Seus olhos estavam cheios de lágrimas e o coração acelerado.

E nas batidas descompassadas do seu coração,
Sem explicação,
Ouviu o som das harpas por mais alguns instantes...




Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

24 comentários:

  1. Sensibilidade....sensibilidade... a arte de sentir nas linhas subentendidas desta vida que é a nossa...
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Bom dia com alegria!!!!

    Que vc continue a ouvir o som das
    Harpas sempre sempre.
    Gostei do que vi e li muito bom
    Abraços e desejo uma bela semana!!!
    Rita!!

    ResponderExcluir
  3. Oii Vanessa, sabe que eu nunca ouvi uma arpa ao vivo, acho que não, lindo poema, esse fim de semana lembrei de vc, vi na Bienal do Livro em SP uma espada dos Templários rsrsr lembrei na hora! Bjooooosss boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Só de imaginar os anjos tocando harpas já enche meu coração de amor...adorei.

    ResponderExcluir
  5. ¡Que Preciosa Poesía, acompañada de la Melodía de esas dos Arcas arpegiadas por esos celestiales Ángeles!
    Preciosa Poesía...Me ha Encantado.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Vanessa...
    Lindo..
    Fiquei aqui imaginando esse som maravilhoso de harpas tocando..
    Dá pra viajar pelo som né??
    Finzinho da tarde... relaxa até a alma. rrs
    Beijinho e uma semaninha mais que linda..
    Sheila

    ResponderExcluir
  7. Que belo blog você produz. Nota mil. Fico grato ao ilustre comunicador cristão Alberto Couto Filho por me ter apresentado a você. Passo a ser um dos seus leitores/admiradores.

    ResponderExcluir
  8. .



    Você se casaria com alguém
    que tivesse um filho de um
    outro casamento? Pois o cu-
    nhado do Luiz se casou e
    deu no que deu.

    Detalhes no meu blog.

    Beijos,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderExcluir
  9. Olá, querida
    O som das harpas é quase angelical... não foi à toa que os salmos eram tocados ao som das cítaras e harpas...
    Deus te cubra de bênçãos e te faça muito feliz!!!
    Bjs festivos de paz

    ResponderExcluir
  10. Que sensibidade para ouvir o som das harpas. Isso só os poetas podem. Lindo!
    Uma semana cheia de alegrias pra ti!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Vanessa. Acho mágicos esses momentos em que parecemos enlevados. Momentos como esse tem sido raros aqui dentro. Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Oi Vanessa
    Nossa, que linda poesia, eu sou suspeita, pois amo música, meu filho de onze anos já é um músico e estuda na Escola de Música de São Paulo, então tudo que envolve música me atrai. Adorei!
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  13. Olá Vanessa,post divulgado no Portal teia.
    Até mais

    ResponderExcluir
  14. Olá minha escritora Vanessa!
    De onde você retira tanta inspiração?
    Nos seus escritos, além de belos e meigos, são profunda magia.
    Beijinho no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Os sons das harpas tocando... sensação de paz e felicidade incrível... já tive essa sensação em alguns momentos da minha vida, poucos... mas, inesquecíveis...

    Parabéns pelo Blog Vanessa, estou encantada!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Parabéns! O melhor elogio que lhe posso fazer, sendo escritor e blogger, é que gostaria de ter escrito o primeiro verso deste poema. É sublime. Obrigado.

    ResponderExcluir
  17. Que lindo! *__*

    Sou apaixonada por harpa, sonho um dia aprender a tocar!

    Amei o poema!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Que lindo!
    As harpas tem um som angelical e eu adoro.

    Muitos beijos XD

    ResponderExcluir
  19. Vanessa,os poetas podem tudo,até nos fazer chorar de emoção.Cada verso de seu poema me transportou para um espaço além do sublime.A música é o alimento da alma,e você nos deu com suas palavras em seu texto.Lindo ! Parabéns! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  20. Lindo este toque dos anjos!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  21. Vanessa,
    Seus poemas me deixam leve...
    São delicados e suaves. Parecem os suspiros de algum anjo. Lindos!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações