Fogo na Chuva





Ao sair com o carro,
Liguei o som,
A canção contagiou-me com emoção,
Aumentei o volume e cantei junto com Adele
Set Fire To the Rain,
Os vidros estavam abertos,
E o vento forte balançava meus cabelos.

Enquanto eu cantava,
Imaginava como seria possível atear fogo a chuva,
É disso que trata-se o refrão,
Essa melodia causou em mim um efeito alucinante,
Era como se eu estivesse dentro da canção,
E tentasse botar fogo em tudo,
Queria queimar todas as minhas dores nas águas da chuva,
Queria de certa forma,
Que o fogo me purificasse de algo que não sabia o que era.

Na verdade não sei, se serei purificada de algo ou não,
Não importa!
O que importa é que necessito atear fogo,
Em todos os sentimentos ruins,
Que precisam ser urgentemente queimados...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

21 comentários:

  1. A música faz isso com a gente.
    Adorei o texto.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. O poder da música.

    Lindo Poema Vanessa!
    Sempre fico muito feliz com os comentários que deixa para mim em meu blog, obrigada de coração.

    Beijos! S2

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa
    Gostei muito do post, tem dias que eu desejo ouvir uma boa música e cantar junto para expulsar todos os sentimentos ruins, hoje é um desses dias kkkkk.
    Bjos. e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  4. Gostei dessa mistura do poema com a musica, bjuss

    ResponderExcluir
  5. Vanessa o fogo é uma forma de purificação, logo também pode purificar os sentimentos ruins.
    Bonita a reflexão.
    beijinhos
    http://falandocomosmeusbotoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro, essa musica contagia mesmo, ouço muito tbém no carro e canto como vc, rsrsr adorei, não sabia o que dizia a letra! Amei! bjooooooosss

    ResponderExcluir
  7. Todo sentimento ruim tem que sair fora mesmo, e ficar só as coisas boas, música linda, vanessa bom final de semana beijos.

    ResponderExcluir
  8. Todo sentimento ruim tem que sair fora mesmo, e ficar só as coisas boas, música linda, vanessa bom final de semana beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Vanessa.
    Tem dias em que o que mais queremos é isso mesmo: queimar tudo à nossa volta e recomeçarmos do zero.
    Ao menos psicologicamente, podemos (e devemos) fazer isso.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Los Sentimientos Ruines y malvados deben ser pasto de la hoguera para recomenzar y remover lo que nos hace daño. Preciosa Mezcla entre una maravillosa Poesía y una bonita Música.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  11. Gostei Vanessa essa musica é muito interessante e a junção com o poema ficou perfeito.

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida
    Alegrou a minha tarde... bacana essa música!!!
    E aproveitei para queimar o ruim que estava querendo me "dominar"...
    Ao puro e santo sempre!!!
    Ao amor... que nada nem ninguém pode abalar...
    Deus te cubra de todas as bênçãos que vc necessite e te faça sentir a felicidade!!!
    Bjs festivos e gratos de paz

    ResponderExcluir
  13. Ah! Minha poetisa Vanessa
    Sempre embalo nos seus suáveis poemas.
    Genial, vê se não coloca fogo em mim. Tá?
    Um aconchegante final de semana
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Seus cabelos balançavam
    Você cantava com emoção
    Melodia que encantavam
    E deixam feliz seu coração!

    Boa viagem pois então
    A chuva que o fogo apaga
    Mas deixa amor e paixão
    E a amizade que a afaga!

    Bom fim de semana para você,
    boa noite e bons sonhos,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  15. Vanessa!
    Adele é maravilhosa, a música também, mas genial mesmo foi o seu texto!
    Parabéns pela interpretação dada ao momento vivido.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olha essa musica é maravilhosa, eu
    adoro , e feito com poema ficou um luxo...Tomara que vc ateie fogo nas coisas ruins sim...Que vire cinzas
    Olha muito bom esse post
    Abraços de bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  17. lindo texto.Precisamos atear fogo em tudo que nos faz recuar,que nos paralisa.Bjs

    ResponderExcluir
  18. Tão triste nasceu hoje o Verão
    Tão agreste sopra este colérico vento
    Tão molhada está esta verde terra
    Tão cinza está um coração em desalento

    Mentem os que disserem que perdi a Lua
    Os que profetizaram o meu futuro de luz
    Mentem os que acharam que não me visto de sentimento
    Os que acham que apenas a mentira seduz

    Acolhi no olhar todas as coléricas vagas que alcancei
    Abracei uma roseira e senti o golpe dos espinhos
    Senti o aroma errante das hortênsias
    Numa viagem por sete caminh

    Bom fim de semana

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  19. Adele é tudo de bom, letra e música maravilhosas. Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Olá Vanessa, querida, tem música que nos carrega, fala com os sentires da gente e nos lava a alma e ao mesmo tempo nos queima.
    É assim amiga, desses sentires que você nos fala.Parabéns!!! Adorei!
    Beijos!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações