Um homem chamado Basílio




Não sei como explicar,
Meus pensamentos constantemente levam-me até você,
Uma força maior insiste em resgatá-lo,
Em trazê-lo para perto de mim,
Inexplicavelmente não nos conhecemos,
Sua missão na Terra findou-se em março de 1976,
E eu nasci em junho deste mesmo ano,
Infelizmente não tivemos nenhum contato físico,
Infelizmente você não segurou-me em seu colo,
Durante o percurso da minha vida,
Fui descobrindo-o pelas lembranças de quem o amou,
Você tornou-se inesquecível,
Único,
Durante sua existência deixou a honra e o respeito para quem o conheceu,
Foi um bom homem,
Generoso e admirado,
Invejado por muitos,
Mas o mal alheio não foi capaz de destruí-lo ou de corrompê-lo,
Você honrou e cuidou da sua família até o último dia da sua vida,
Quem ficou lastimou a sua partida,
E apesar do tempo,
Da distância e da saudade,
Nunca deixaram de amá-lo,
O mesmo acontece comigo,
Orgulho-me de ser sangue do seu sangue,
Em mim ficaram suas impressões,
Mesmo sem nunca ter sido tocada por você,
Não trocamos olhares,
Nem carinho,
Nem afeto fisicamente,
Mas nos meus sonhos já nos encontramos,
E através desse encontro espiritual dissemos tudo o que tinha para ser dito,
Saiba, que a minha admiração por ti será eterna,
Amo-o mesmo sem nunca tê-lo visto,
Amo-o mesmo sem tê-lo sentido fisicamente,
Inexplicavelmente suas impressões ficaram em mim,
Meu querido e eterno avô Basílio...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

33 comentários:

  1. Essa boa impressão, esse amor sem te-lo conhecido, é um dos teus laços eternos, e com certeza já se conhecem muito bem. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que bom, é poder recordar de pessoas que foram importante na nossa vida, mesmo sem conhecê-los.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Ah, Vanessa! Lindo, este texto.
    (Obrigado pelo comentário bacana, lá no Cores e nomes.)
    Um beijo grande e uma semana de paz pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Texto bonito e emocionante.
    Bjinhos no ♥

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Vanessa. Uma bela homenagem ao seu avô com sentimento e profundidade. Parabéns!
    Sentir amor pelos que já se foram não esquecendo suas características, é mágico.
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  6. Gostei de ler, não sei explicar bem, mas, eu só sei que viajei no pensamento do passado..gostoso é ser lembrado e ser inesquecível. Boa semana para você Vanessa

    ResponderExcluir
  7. Bela homenagem a seu avô...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  8. Preciosa Poesía dedicada a tu avô Basilio.
    En ocasiones no es necesario haber convivido con ciertas personas para contagiarse de su forma de ser y de su talante.
    Ellos son parte de nuestra vida y los genes y las experiencias contadas por los demás hacen que nuestra admiración y respeto sean eternos hacia esas grandes personas que son los Abuelos.
    Un abrazo, Vanessa.

    ResponderExcluir
  9. Que bonito Vanessa, uma linda homenagem, eu tbém não conheci os meus Avôs, mas de um deles me sinto muito próxima! Bjooooss

    ResponderExcluir
  10. Abençoamada Vanessa,
    Paz
    Sua saudade apaixonante procede, pois Basílio tem o significado de magnífico, mirífico, real, régio e, como tal, ele reinava em sua família.
    Este acróstico justifica as lembranças de quem o amou, a partir da sua narrativa:

    B ondoso, dedicado, amoroso;
    A ltruista, empático, perdoador;
    S incero, franco, honesto;
    I ntegro, ético, zeloso;
    L eal, justo, verdadeiro;
    I ndulgente, calmo, tolerante, ;
    O timista, perseverante, paciente.

    Crendo nEle que nos amou primeiro.
    Alberto

    ResponderExcluir
  11. Belíssimas palavras dedicadas a alguém táo importante em sua vida!

    Muita paz!

    ResponderExcluir
  12. Uma homenagem belissima ao teu avó!
    São os fortes laços de família que se tem, sem precisar conhecer pessoalmente, e isso basta para sentir e amá-lo. Parabéns!!!
    Feliz semana, querida amiga!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  13. Lendo voltei no tempo, como se fosse
    um filme, dos dias e ano que vivi com ele, tanto tempo e ainda sinto sua presença, até seu cheiro ,Foi um pai maravilhoso pena que vivei tão pouco entre nós...
    Agradeço minha filha pela homenagem
    feita pelo melhor homem que viveu na minha vida
    Abraços com carinho
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  14. Caro amigo Alberto,

    Me deixou emocionada mais uma vez...obrigada pelo carinho e pela homenagem ao meu poema Milagres em seu blog.

    Muito Obrigada Mesmo!

    Aproveito para agradecer todos os comentários, obrigada pela visita de todos vocês...

    ResponderExcluir
  15. Vanessa...que texto comovente! Essa impressão que marca a nossa alma, trazida pelo passado, é um vínculo muito forte de amor. Força que atravessa inúmeras barreiras, inclusive a do tempo.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. Passando para te desejar uma excelente terça Feira

    Um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  17. Passando para te desejar uma excelente terça Feira

    Um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  18. Que lindo demais Vanessa! *__*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Tem namorado?
    feliz dia para você com sua companhia,
    não tem? felicidades assim mesmo, afinal mais
    um dia dado por Deus para ser vivido.
    Beijos
    Mary

    ResponderExcluir
  20. O amor por vezes reevela-se de maneira misteriosa justo porque pra ele não há limites de tempo e de nada.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  21. Lindo demais o poema, nosso querido avô Basílio que só eu tive o privilegio de conhecer pessoalmente, merece com certeza.
    Saudades....

    ResponderExcluir
  22. Oi, Vanessa, o amor de alma e de sangue transcende as barreiras do visível ou imaginável. Lindo poema, lindos sentimentos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Anjo!!! O bom de sermos amigos é que não importa como somos , o que fazemos ou onde estamos;
    O que importa mesmo é sabermos que somos amigos e que a nossa conexão é mantida pelo pulsar do nosso coração !!
    Uma linda tarde do dia dos namorados muito amor no coração.
    Obrigada pelo carinho pela presença constante
    no meu blog minha linda amizade.
    Beijos saudades receba meu carinho.
    Evanir..Tem presente na postagem ..

    ResponderExcluir
  24. Graça e paz, um texto reflexivo e atual. Que Deus lhe abençoe a cada dia e ti fortaleça com toda sorte de benção e que você seja um instrumento para todos aqueles que necessitam de ajuda. Abraço fraternal e boa semana.

    Pr. Ivan Pereira da Silva.

    ResponderExcluir
  25. Feliz Dia dos namorados querida, que Deus esteja sempre presente em todas as areas de sua vida, um grande abraço.
    http://grandeigualdavi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá Vanessa! Dessa vez você pegou pesado. Não consegui resistri e chorei ao lembrar dele. Foi um pai maravilhoso, que está sempre presente em meus sonhos, que participa de minha vida porque deixou valores plantados fundo na minha personalidade. Estou feliz pela homenagem. Augusto

    ResponderExcluir
  27. Estimada irmã e escritora poética Vanessa, a Paz do Senhor!

    Cheguei ao seu blog por indicação do estimado irmão Alberto, e já pude sentir um pouquinho de sua arte acessando o blog deste nosso querido irmão, e hoje pude deliciar-me na excelência de sua poesia nesta sua postagem. Deus vos abençoe sempre para continuar a brindar-nos com poesia tão belas e profundas como esta que tivemos a oportunidade de deliciar-nos.

    Seu irmão em Cristo...
    Pr. João Q. Cavalheiro

    ResponderExcluir
  28. Olá Vanessa,

    Estou seguindo seu blog por indicação do grande Alberto Couto, meu Amigo, que, apaixonado pela arte de sua prosa poética e poesia, está falando aos quatro ventos sobre a beleza de seus escritos. Vi e constatei que nosso amigo em comum não somente entende de arte, mas que tem muito bom gosto também. Parabéns pelo blog/site e, por favor, queira me aceitar como seu seguidor.

    Abraço.

    Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir
  29. É uma bela homenagem, um texto onde se lê carinho e emoção! O seu avô ficaria orgulhoso de a ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Prezada Vanessa,

    A paz amada!

    Descobri mais, uma vez, que quando escrevemos algo do fundo do coração, imediatamente devemos, atentos e com toda a vigilância, prover os cuidados necessários, para que não se perca o que no momento nos inspirou no sublime do coração.

    Escrevi o comentário anterior, que se foi ao léu, pensando também no meu avô Henrique, e por descuido, ao confirmar a postagem, não verifiquei que a internet havia caído,e meio tonto, verifiquei que perdi todo o meu comentário, resultado do mesmo sentimento, que a fez respirar nesta matéria o seu avô Basílio.

    O que fazer? Aqui estou novamente com outro comentário, sem conseguir reproduzir o que escrevi anteriormente, mas a vida continua, e apesar de continuarmos com o mesmo coração, nunca nos copiaremos na tentativa de sermos, cada vez mais digno, dia após outro, e descobrindo sempre o quanto Deus é Maravilhoso, e o quanto maravilhoso é, o reconhecermos, neste mundo como servos de dEle.

    Após ter lido o Milagre no blog do Alberto Couto, meu irmãozão especial, aqui estou para dizer-lhe: Continue sem parar e sem parar continue a demonstrar o que vem do fundo da alma, aos que resistem de alma sem espaço para respirar.

    O Se nhor seja contigo, nobre escritora,

    O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Para os céticos talvez não diga nada,ou seja simplesmente coisas que te passaram sobre ele,mas para quem acredita na vida espiritual,é compreensível essa ligação...

    Eu creio que num Plano Maior,que não estamos aqui a passeio e que a vida continua..."Seja lá onde for",se não fosse assim...Onde estaria a justiça de Deus?

    Um beijo e obrigada por compartilhar seus momentos!

    ResponderExcluir
  32. Gostaria de te-lo conhecido com certeza, uma homenagem que emociona.

    ResponderExcluir
  33. Lindo gente...Lindo. Fico triste por não ter tido a chance de conhecer. Ele deve estar orgulhoso dessa homenagem.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações