A Busca


Busco teu olhar mas te sinto tão distante,
Num ritmo lento tento decifrar teu silencio,
Imagino-me dentro dos teus pensamentos,
E navegando neles, percorro os extremos do teu corpo na esperança de 
encontrar-te,
Mas perco-me na estrada vazia do teu coração.
As vezes penso que meu amor por ti, corre o risco de morrer afogado inundado pelas águas cristalinas dos meus sentimentos,
E outras vezes, sinto que esse amor pode morrer de sede diante da minha própria nascente.
Você olha-me mas não me vê,
Finge não notar-me,
Ou nem finge,
Teu olhar perdeu-se do meu.
Imagino então que ele possa estar em algum lugar entre as nuvens,
Talvez ele flutue sobre elas,
Ou até mesmo imagina-se ser uma delas.
E você permanece tão Intocável para mim,
Tanto quanto as nuvens.
Surpreendentemente, com a tua ausência quem tornou-se nuvem fui eu.
E assim o vento nos  leva,
E voando pelo céu sem destino,
Descobri que o olhar que eu tanto  buscava, era o meu toda vez que olhava-me  no espelho...







Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

20 comentários:

  1. Olá amiga. Lindo poema, embora melancólico. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Vanessa!
    Melancólico como o entardecer, mas lindo por demais...amamos...beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  3. No olhar se revelam todos os segredos... todos os desejos!...


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  4. triste e lindo Vanessa gostei de verdade.

    ResponderExcluir
  5. A melancolia da poesia não retira a sua beleza poética.
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Vanessa: Maravilhoso poema, triste e belo.
    Parabéns pelo teus lidos escritos
    Um abraço no coração
    Lua singular

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Quando os olhos
    de quem amamos,
    não consegue
    ler nossos afetos,
    é porque o amor
    partiu,e com ele
    partiu também
    o dom que o outro tinha
    de nos decifrar.


    Que sempre haja amor,
    para alimentar de sentidos
    sua vida.

    ResponderExcluir
  8. OLA TUDO BEM...OLHA NÃO É SEMPRE QUE POSSO ESTA VISITANDO OS BLOGS
    MAIS SEMPRE QUE POSSO ESTOU AQUI DANDO UMA ESPIADINHA
    SO PRA QUE VCS NÃO SE ESQUEÇA DE MIM E NÃO PARE DE ME SEGUIR
    E QUE ANDO SEM TEMPO TOTAL...ESPERO QUE ME ENTENDA...
    HOJE DEU PRA MIM DA UMA ESPIADINHA RAPIDA SO PRA DIZER UM OI E TE DESEJAR UMA OTIMA NOITE..XAUZINHO BJSS

    ResponderExcluir
  9. Lindo, poetico com reflexos na alma da gente!Parabéns!! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Vanessa! Lindo! Triste e intenso!
    Obrigada pelo carinho e pela gentileza! Graças a amigos como você que cheguei aos 1000; e é para quem posto e escrevo.... A presença de todos vocês me inspira e alegra! Uma quinta-feira abençoada! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Poema belo por mais que pra uns seja melancólico pra outros é o reflexo da alma.

    http://alguemparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. A cada dia que passa,sinto que tudo
    vai indo bem dentro de você,pq qdo
    a gente faz essas buscas mesmo dentro
    de um belo Poema a gente se encontra
    Adoro ler,e parabenizar o que escreve
    Um abraço bem apertadinho de quem te
    ama muito bjussss!!!!

    ResponderExcluir
  13. Um momento triste da relação descrito nesse poema, as vezes as duvidas nos assolam e fica difícil tomar decisões.

    ResponderExcluir
  14. Olá Vanessa,

    gostei muito do poema. Parabéns pelo blog.

    Estou seguindo seu blog. Convido-a conhecer meu blog.

    http://marcia-pimentel.blogspot.com
    @cinha34

    ResponderExcluir
  15. Oi, Vanessa, lindo seu poema, buscamos arduamente algo que muitas vezes encontramos em nós mesmos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Oii Vanessa, o amor e seus desencontros, nem sempre o que queremos é o que o outro nos faz! E as respostas para nossas indagações, muitas vezes estão emn nós mesmos! Lindo texto! Bjooooss

    ResponderExcluir
  17. Já passei por uma fase assim estava tão distante e de repente tudo mudou, lindo minha querida.

    ResponderExcluir
  18. Os olhos contam a verdade....beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  19. Querida amiga
    Meu Abraço de Paz e bem!

    Mãe do céu da terra e do mar
    Por favor,
    Ensina-nos o teu segredo
    Do Teu Amor
    Para que não tenhamos medo
    De apreender Amar!
    Meu abraço carinhoso para você!

    Se você for mãe Feliz dia das Mães!

    Maria Alice

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações