Perder-se






Perder-se,
É sair fora do eixo,
É desencontrar-se,
É não saber onde está,
É deixar de seguir o caminho pleno que está diante dos olhos,
Para andar em círculos,

Perder-se é uma consequência inconsciente,
Permanecer perdido é perder-se da tua vontade,
É não conseguir enxergar a porta da saída,
Conscientemente, fingindo que não a vê,

Perder-se,
É dividir-se em dois,
É não conseguir encontrar uma forma de juntar-se,
É avistar os pedaços teus serem arrastados pelo vento,
É distanciar-se da tua essência,
É deixar de habitar teu corpo,
Para morar num lugar vazio, doloroso, escuro e silencioso,

Perder-se de si mesmo,
É como perder as chaves da própria casa,
E  viver indeterminadamente do lado de fora...









Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

31 comentários:

  1. Lindo!
    Perder-se de si mesmo deve ser a pior coisa deste mundo.
    Um beijo em seu coração e que cada vez mais nos encontremos no amor de Deus!

    ResponderExcluir
  2. Vanessa,em versos pudestes aqui mostrar como é torturante a situação de quem se perde na vida, da vida em vida, pois é minha linda escritora, assim também deve ser as almas que "se vão" sem aqui se resolverem, pois é!
    Lindos versos comoventes!!!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
  3. Que lindo e interessante Srta. Todos temos o direito de se perder as vezes! abraços

    ResponderExcluir
  4. deve ser angustiante se perder
    as vezes me sinto assim!

    ResponderExcluir
  5. Ah, sendo assim, quero perder-me de mim mesmo...

    Belíssimo transbordar poético. Tens fontes inesgotáveis de lirismo dentro de ti.

    Uma ótima quarta-feira para você!

    ResponderExcluir
  6. Olá Vanessa, lindas palavras escritas por um coração doce.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  7. E como a gente se perde, se perde em pensamentos em medos e frustrações, se perde até com a alegria. Dificil manter o foco, mas a gente acaba se achando de novo, as vezes precisa de uma ajudinha...

    ResponderExcluir
  8. Vixe já me perdi, me encontrei tornei a perder-me, kkk isso que é viver!!!
    Um poema encantador....

    ResponderExcluir
  9. Seu blog é muito lindo, parabens. Da uma passadinha no meu depois se der http://intensevery.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hoje é aniversário de uma amiga
    muito especial para mim.
    E para todos nos blogueiros caso não a
    conhecer o endereço dela esta na postagem do blog.
    Que tal deixar seu carinho a essa pessoa
    tão especial?
    Uma linda tarde beijos no coração.
    Evanir.
    A aniversariante é a Marcia Luconi.

    ResponderExcluir
  11. Se perder de si mesmo, que triste!
    Lindo poema.
    Está tudo bem, com o pai tbm na medida do possível, o que ele teve é muito grave, pra melhorar bem é difícil, obrigada Vanessa pela lembrança. beijo

    ResponderExcluir
  12. Oi, Vanessa! Perder-se é realmente complicado. Foi muito feliz na sua colocação, quando diz que é como se vivêssemos fora de casa. Não tem sensação pior, nem uma coisa nem outra. Ando querendo muito encontrar minhas chaves. Um abraço, adorei!

    ResponderExcluir
  13. Olá Vanessa, pode existir definição mais acertada que essa:

    "Perder-se de si mesmo,
    É como perder as chaves da própria casa,
    E viver indeterminadamente do lado de fora..."
    Clap, clap, clap! Bravissimo!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. .


    Por mais que a terra esquente
    ou por mais frio que fique o
    tempo. A planta sofre com a
    morte da folha e a flor não
    vinga. Nasce entretanto o fru-
    to como surge depois da chuva
    o sol em todas as manhãs...

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  15. Perder para um dia poser a char a si memo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  16. Perder-se, às vezes acontece...
    lindo!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Perder faz parte da vida, beijos carinhosos♥

    ResponderExcluir
  18. Perder-se e não ficar no vazio...
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  19. Mais um belo poema,que adoro ler
    e guardar na memória as boas palavras
    dita aqui..bjuss de um bom dia!!!

    ResponderExcluir
  20. Muitas vezes precisamos nos perder para nos encontrarmos!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  21. .


    Quando se ama não se escre-
    ve. Quando se escreve é por-
    que o amor ainda não chegou.
    -Este é o único tempo que não
    se divide.
    Quem ama se entre-
    ga. Quem escreve não se entre-
    gou, ainda.

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  22. oi tudo bem...to passando rapidinho so pra dizer um oieeee.....xauzinho bjsss
    que vc tenha uma otima tarde

    ResponderExcluir
  23. Belíssimo poema, um encanto!
    Bjinhos XD

    ResponderExcluir
  24. Olá,

    Lhe convido a conhecer minha nova página no blog: "Pensamentos"! Ela estará aberta para comentários e será atualizada semanalmente...
    Link: http://wscarlos.blogspot.com.br/p/pensamentos.html

    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Lhe convido a conhecer minha nova página no blog: "Pensamentos"! Ela estará aberta para comentários e será atualizada semanalmente...
    Link: http://wscarlos.blogspot.com.br/p/pensamentos.html

    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  26. Deve ser angustiante se perder assim.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. "Perder-se,
    É dividir-se em dois..."

    Perfeito!

    O seu poema é belíssimo, querida.

    Grata pela visita.Volte sempre que quiser.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  28. Às vezes é preciso se perder. Para se achar novamente, com a certeza renovada de que se está no caminho certo.

    ResponderExcluir
  29. Ei bom dia, sou do Blog do Bar vi que leu silvioafonso la, hoje ele escreve aqui,
    confere la
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/2012/04/brindando-no-bar.html

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações