A Floresta dos Delírios



Caminhava em prantos sem entender como havia chegado até ali, estava perdida dentro de uma floresta de eucaliptos, cansada e em pânico suava frio.
Seu destino era incerto, não tinha outra alternativa, a não ser seguir as setas douradas esculpidas nos troncos das árvores, talvez elas fossem a direção para a saída.
Apavorou-se quando percebeu que poderia estar andando em círculos, o caminho era sempre o mesmo, estava esgotada fisicamente, não tinha mais a noção do tempo, não sabia ao certo quantas horas ou dias estava naquele lugar, não sabia mais distinguir as coisas, era como se estivesse fora da realidade, sem lucidez alguma.

De repente observou de longe uma seta que parecia diferente das outras, correu em sua direção,
levou um susto quando percebeu que a seta apontava para um precipício, um buraco enorme bem no meio do nada, não tinha mais certeza alguma se aquilo era real ou efeitos da sua imaginação, estava com náuseas, as vezes tinha a sensação de ter sido drogada.
Sua frustração foi ainda maior, quando percebeu que depois do buraco, haviam luzes, talvez fossem das casas mais próximas, mas não havia jeito algum de alcançá-las, naquele momento lamentou a Deus por não ter asas, se pudesse voaria para algum lugar seguro bem longe dali.
Por um tempo permaneceu imóvel olhando para o buraco que parecia não ter fim,
depois sentou e chorou novamente, naquela angústia acabou adormecendo.

Era de manhã quando foi acordada por uma médica, ela assustou-se, na ânsia de descobrir o que havia acontecido, preocupada fez inúmeras perguntas, a médica tentava responder a todas, mas quando ela explicou-lhe, que sua saúde mental não era boa, que estava internada há dias num hospital psiquiátrico, porque havia tido grandes alucinações, pois jurava ter se perdido numa floresta de eucaliptos e que nela havia um precipício enorme. Ela olhava fixamente dentro dos olhos da médica, não acreditava no que ouvia, não era possível,  que na verdade tudo aquilo havia sido construído pela sua imaginação,  mas ela sabia que havia vivido aquilo e que era tudo muito real, e a médica afirmava que ela esteve em casa com seu marido o tempo todo e nunca havia estado em floresta nenhuma, e tudo não passava de fortes delírios.

Naquele momento ela percebeu o quanto estava sendo enganada, que era vítima de um plano macabro, aos berros pedia ajuda para que alguém a escutasse, e continuava a afirmar que a floresta era real, a médica então aplicou-lhe outra injeção na veia e assim ela dormiu drogada novamente.

Do lado de fora da sala, o marido aguardava a médica sorrindo, depois entregou-lhe um envelope cheio de dinheiro, e disse-lhe:

-Obrigada doutora, só falta agora você assinar o laudo de insanidade, essa mulher já causou-me transtornos demais, fazer esses jogos para enlouquecê-la, o trabalho que tive para esculpir aquelas setas nos troncos para deixá-la perdida cansou-me, mas tê-la deixado naquela floresta sombria, completamente drogada foi uma jogada de mestre, só não entendo de onde ela tirou aquele precipício, olha só o efeito que a droga causa, não é?

-Meu querido, como psiquiatra posso lhe dizer que aquele precipício era você, de uma forma ou de outra, ela sabia que iria cair nele, mas isso não vem ao caso, lhe darei este laudo, e assim que conseguir a presidência da empresa e ficar com todos os bens que pertencem a ela, efetue o depósito daqueles milhões que combinamos na minha conta. Bem, já é tarde preciso ir, porque a permanência dela neste hospital depende de mim, mas não se preocupe, aqui será seu lar até que eu lhe aplique a injeção letal, aí sim ficaremos livres dela para sempre. A propósito foi muito bom fazer negócios com você!

Com um sorriso cínico na boca, o marido ressaltou antes que a médica fosse embora:

-Ah! Eu virei visitá-la pelo menos uma vez ao mês, para não levantar suspeitas, quero fazer o papel de marido preocupado sabe como é, a família dela confia em mim, não posso correr nenhum risco quanto a isso. Outra coisa, te espero hoje na mesma hora e no mesmo lugar, precisamos comemorar a vitória do nosso plano perfeito. Minha doutora preferida  preciso de você, estou louco para te beijar e matar as saudades...





Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

15 comentários:

  1. Oi minha amiga Escritora Vanessa. Vim correndo agradecer tua amável visita em meu diário. Obrigado também por ser minha seguidora. Que texto... que conto... coitada, quem mandou confiar no marido... homem é capaz de tudo, ainda mais por poder e dinheiro. Mas aposto que essa estória não vai acabar bem,pois quem faz o mal acaba colhendo os frutos amargos de sua plantação. Um grande beijo. FIQUE COM DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Ai que ódio, mas como tudo tem volta ele e essa doutora vão pagar caro, o pior é que temo que esse conto pode ser baseado em fatos reais.

    ResponderExcluir
  3. Maldito sejam os dois! Loucos sim, mais pela ganância do dinheiro!


    Muito bom texto!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Passeei, gostei e estou seguindo! Agradeço e ficarei feliz e honrada se quiseres retribuir e seguir de volta!Uma 5ªF iluminada e repleta de bênçãos!Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. caramba...

    pena é que casos como esse acontecem e vão acontecendo!!

    mas tudo se paga, mais cedo ou mais tarde!
    agora que sei que é você que escreve, sinto-me orgulhosa de ter uma amiga assim, escritora, e talentosa, e bradar por aí isso.

    te quero muito
    beijo na alma

    analuz

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga, que belo texto, forte e bem escrito. Gostei muito!!
    Um beijo grande XD

    ResponderExcluir
  7. Andamos numa direção pensando que é o caminho encontramos o perigo ficamos angustiados, mas sempre vem a esperança de encontrar o caminho certo, vim te desejar uma boa noite, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olha além de Floresta dos Delírio
    devia tbém chamar.....

    Dormindo com o inimigo,que trágico
    e sabemos bem que tem muitos desses
    casos por ai,arrepiei,pq tem tantas
    coisas debaixo desse céu que vcs
    nem podem imaginar

    Mas gostei parabéns!!

    ResponderExcluir
  9. A fome do dinheiro e da ambição, associada a mentes perversas.
    Lindo conto! Beijinho

    ResponderExcluir
  10. Que canalha! E essa médica também, que decepção... Coitada dessa mulher, ela podia escapar dessa, hein?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. "Dormindo com o inimigo" literalmente coitada, pensar que isso pode mesmo acontecer, por poder as pessoas passam por cima de todos os princípios! Muito bom texto Vanessa! Bjoooss

    ResponderExcluir
  12. Nada nessa vida se perde, nada é o acaso,
    mesmo que sementes de fé e amor sejam jogadas em solo árido como o do deserto,
    na hora propícia o vento as levará para terra fértil,
    em algum oásis irão brotar, como João Batista,
    que pregou no deserto, mas suas palavras foram para oásis seguros,
    apenas aqueles que além de áridos também estavam impregnados pelas ervas daninhas
    que sufocaram as suas sementes e usaram de seu poder para calar a sua voz.
    Por isto acredito que sempre valerá a pena, a luta nunca será em vão.
    Luconi ..Deus abençoe seu carinho comigo
    Um lindo final de semana beijos e carinhos meus.
    Evanir..
    Te amo muito amiga sabias??

    ResponderExcluir
  13. Ôi! Passando pra convidar! Tem post novo e presente muito especial! Vem! Cada coração amigo conquistado, é mais uma luzinha a iluminar a nossa estrada! Uma 6ªF radiante e abençoada! Abraço fraterno e afetuoso! Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Vim lhe desejar um lindo dia com cheirinho de rosas, um beijo em seu coração!

    ResponderExcluir
  15. Que ódio desses dois, kkkk

    ai se te pego...ai se te pego, kkk Parabéns minha flor, mexer com os sentimentos, só mostra o quanto és boa, alguma duvida da profissão a escolher? hemmmm??? kkk

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações