Época


Em 1976 meu espírito deixou de habitar a sua morada e voltou a Terra, com a finalidade da evolução, concederam-me uma nova oportunidade, um novo recomeço, nasci dia 24 de junho.

Minha família sempre foi humilde, não tive muitas coisas materiais, mas também não me lembro de ter pedido nada, sempre me contentei com que eu tinha.

Em 1989, descobri a revolta, me descontentei por ter nascido naquele núcleo familiar, alegava que eu não tinha pedido para nascer, eu achava que todo mundo estava errado, sempre joguei a culpa das minhas angústias e frustrações nos meus pais, porque eles não eram bons, eram imperfeitos demais e eu não merecia aquilo. Numa profunda ignorância vivi assim por muito tempo.

Em 1993 o meu gostar era limitado, eu gostava de poucas pessoas e não me importava com nada, as vezes eu me confundia com um iceberg, eu era tão dura e tão fria quanto, o egoísmo aflorava pelos meus poros, tanto que eu só pensava em mim, fora o narcisismo, por um tempo fui apaixonada pelo meu reflexo no espelho, ninguém era melhor, mais importante ou mais bonita do que eu.
Nesta época, me apaixonei pela primeira vez, eu não gostava da idéia de ter que me dividir com alguém, mas não tive saída, então me entreguei. Só não imaginei que além do amor eu fosse despertar em outra pessoa, sentimentos que eu desconhecia, como o ciúme doentio por exemplo, aquele relacionamento me causou danos irreparáveis, tanto que acabei perdendo o meu brilho. Em 1994, o noivado foi rompido e nossas vidas separadas. Amadureci com a dor, enquanto meu orgulho tinha sido destruído.

Em 1997, deixei a casa dos meus pais e fui viver a vida que eu escolhi, a liberdade era tudo o que eu mais prezava, mas eu não era tão livre quanto imaginava, em outro relacionamento descobri que eu não era tão egoísta assim, existia gente muito mais egoísta do que eu. Foram dez anos, e neste tempo a vida nua e crua se mostrou para mim como num filme. Percebi que nada é para sempre, aprendi que eternas são as nossas ações, nosso ato em fazer o bem ou o mal, isso sim ficará na eternidade do espírito, o resto como beleza, riqueza, vaidade, egoísmo, ciúme, tudo isso  o tempo se encarrega de dar um fim.

Em 2007, mais um processo foi concluído e um outro relacionamento findado, mas todas essas dores que senti e vivi, foram fundamentais para o meu crescimento pessoal nesta existência, passei a ver as pessoas com outros olhos, passei a amar mais e a valorizar incondicionalmente a minha família, descobri e fortaleci amizades maravilhosas e eternas dentro do meu núcleo familiar, pela primeira vez agradeci a Deus, por ter nascido no meio daquela “gente”, gente que eu amo, gente que me ama independente dos meus defeitos. Porque quando descobri todos os meus defeitos, parei de julgar meus pais e os libertei da culpa que eu achava que eles tinham. Quando me deparei comigo, enxerguei alguém tão falha quanto eles, tão errante quanto eles, quando me dei conta, que cada um tem que conviver com suas dores, perdas e imperfeições, me envergonhei de tê-los julgado como julguei e me envergonhei de mim mesma, depois me libertei de pesos e amarras que eu carregava há anos, através desse amadurecimento, percebi que o arrependimento das nossas ações, nos traz alivio, compreensão e evolução.

Em 2012, apesar de alguns conflitos o que é natural, neste relacionamento que completará quatro anos, tento viver bem. Agora me vejo mais centrada, mais verdadeira, tento não julgar ninguém, tento todos os dias me livrar do meu egoísmo, tento ser mais solidária, mais humana, quero amar mais, quero pedir perdão para todas as pessoas que fiz mal, e quero perdoar todos que me fizeram mal também, não quero ficar presa a convenções, quero poder me expressar sem censuras, busco o conhecimento, a evolução, e através da evolução quero enxergar meu semelhante como a mim mesma, quero dissipar a maldade que ainda existe em mim, quero deixar na terra os bons frutos, quero que o bem reine em meu peito e nos meus atos por opção, não por imposição.

Não estou aqui por acaso, tento cumprir dia a dia minha missão, quero plantar nos corações a semente da alegria, quero ser o sorriso e não a lágrima, quero que as pessoas lembrem de mim com saudade, por ter sido alguém especial e que fez a diferença.

Enfim, daqui por diante nada sei, o tempo de vida faz parte dos mistérios de Deus, mas sei que quando chegar a hora de regressar, estarei ciente que todos os meus atos vividos até aqui, fizeram valer o meu livre arbítrio, tudo o que fiz foi de livre e espontânea vontade. Não tenho mais medo das minhas escolhas, elas me levarão de volta para a casa.








Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

18 comentários:

  1. Vanessa que linda história, com altos
    e baixos, com perdas e superação,
    é assim com todos que vivem essa
    caminhada aqui na terra, viemos aprender, e que bom quando já percebemos em nós alguma evolução,
    e que maravilha poder perdoar, amar
    mais, se perdoar, porque não fazemos sempre o melhor por não saber, e ter
    consciência que precisamos melhorar
    é um grande passo... feliz caminhada
    sempre em frente! beijo

    ResponderExcluir
  2. Que lindo o que vc escreveu..
    Nada melhor do que se arrepender,
    pedir perdão pelos atos cometidos
    E esperar em Deus com muita fé,
    para que a felicidade em sua volta
    fique para sempre.
    Te amo por tudo que vc passou,e por
    tudo que vc é hoje..bjussss !!!!

    Ass:Madrecita como vc me chama!!!!

    ResponderExcluir
  3. Post Maravilhoso este.
    Mostra a evolução e amadurecimento, o entendimento de que passamos pelo que é necessário para nosso crescimento, mesmo que não conseguimos entender no momento, mas tudo tem uma razão e um propósito sim, nosso livre arbítrio respeitado sempre afinal a colheita dos nossos atos é inevitável. Um grande abraço, um fim de semana de muita luz.

    ResponderExcluir
  4. Como é bom ver que aprendeu com a vida, suas indas e vindas, nos fortalecem, fico feliz por ter se tornado a pessoa maravilhosa que amo de verdade e tenho orgulho em chamar de irmã.

    ResponderExcluir
  5. Vanessa, acho impressionante como a vida nos toma e nos dá de volta algo ainda melhor que é a capacidade de sermos melhores a cada dia, tudo que ela supostamente te tirou, te fez ser melhor mais madura e mais feliz, amores vem e vão, espero que este de agora só te traga alegrias, Super final de semana e obrigado por confiar em nós relatando as suas vivencias! bjoooosss até segunda!

    ResponderExcluir
  6. Na vida a gente passa por (muitos) sofrimentos, mas quando o tempo passa e vemos que eles nos serviram de lições, dá essa sensação boa, não é? Gostei muito deste trecho: "...quero ser o sorriso e não a lágrima".

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Hola amiga, me ha gustado como se describe, tiene usted mucha personalidad.
    Le agradezco su visita y si lo deseo me gustaría se quedase a mi lado compartiendo nuestras bellas letras
    Con ternura
    Sor. Cecilia

    ResponderExcluir
  8. Oi Vanessa.

    A vida realmente é uma grande escola. A cada dia tentamos melhorar e aprender um pouco mais.

    Me lembrou um pouco a música "Vinte e Nove" do Legião Urbana.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Resta-me somente apludir.
    Lindo!
    um beijo grande

    ResponderExcluir
  10. Obrigada por dividir conosco esse seu relato, fiquei feliz em saber que com as dificuldades se tornou uma pessoa melhor, isso vemos pelos seus poemas.

    ResponderExcluir
  11. Como é bom ver uma pessoa amadurecer, tornando-se bem melhor a cada dia, principalmente aprendendo a perdoar, isso foi uma das maiores dificuldades que tive, e hoje agradeço por conseguir.

    ResponderExcluir
  12. Vanessa, amei esse texto. Eu nasci em 1989, uma data que menciona no seu texto. Estou com meus 22 anos e aprendendo a lidar com as fruastações da vida, só agora. Sei que muita coisa ainda está por vir, que com o tempo as coisas se ajustam. Refleti minha vida um tanto junto com você.

    Abraços.

    http://umladopoetadeser.blogspot.com/

    Meu blog.

    ResponderExcluir
  13. Querida amiga

    A vida é assim.
    Nascer...
    Evoluir...
    Aprender...
    Renascer...
    Continuar...
    Reaprender...

    Lindas e preciosas
    as suas palavras de vida.


    Que sempre existam
    sonhos a habitar teu coração.

    ResponderExcluir
  14. Amadurecer doí... crescer doí. A dor trabalha o espirito e nos faz ser melhor. Que bom, chegar a esse ponto da história. Ninguém precisa herdar um passado de dor e fracassos, sempre haverá oportunidade para mudar. Reescrever nossa história é possível, graças a grande misericórdia de nosso Deus. Parabéns!

    abraços

    ResponderExcluir
  15. Vanessa, Querida

    Admirável o Relato duma Vida: a tua.
    Mais admirável, a contrição pública.
    Depois deste abrir de portas, a Paz.
    Na verdade, Amiga, quando nos encontramos, descobrimo-nos num novo mundo.
    Se o Amor acontecer, será algo diferente e radioso.
    Curvo-me diante de ti.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Vanessa, obrigado pelo carinho. Um final de domingo iluminado pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Tem momentos da minha vida que me sinto impotente
    em expressar meu carinho e gratidão que sinto por cada amigo e amiga
    que de certa forma faz parte do meus dias.
    Sou uma pessoa que vive a vida fora da net sem muitas amizades
    no longo periodo de restabelicimento me recolhi
    para dentro de mim mesma preferindo o amor e carinho que recebo no meu blog.
    È um mundo fascinante onde sinto que pode existir amor verdadeiro
    e me sinto acarinhada a cada visita para mim é um afago na alma.
    Como agradecer tudo isso eu não sei apenas uma palavra posso dizer.
    Eu Amo Cada Um De Vocês.
    Já esteve nos meus planos deixar meu blog por falta de entendimento por levar cola
    essa fase ainda tento me recuperar por sempre alguém ainda fazer criticas.
    Recebi conselhos de toda parte para mim ser aquilo que sempre fui
    estou seguindo o conselho recebido do Brasil e Portugal .
    Uma amiga de Portugal foi fundamendal para mim não deixar
    meu blog onde conquistei muitas amizades solidas.
    Hoje no meu recolhimento esperando aquilo que tenho por vir ainda
    mais minha fé diz que vou vencer.
    A Luz que recebi desse mundo virtual tem a potencia de iluminar o Mundo
    quanto mais os dias meus.
    Como meu blog não tem fronteiras blogueiras e blogueiros de outos
    Paises também muito me ajudou para que hoje eu esteja firme e forte.
    Pronta para começar minha nova etapa que esta por vir.
    Longo foi meu recado imagine tamanho do amor
    que sinto por você que teve a gentileza de ler tudo isso.
    Deus abençoe seu final de Domingo.
    Uma semana na paz e na luz.
    Com carinho eterno..Evanir.

    ResponderExcluir
  18. Vida linda e alma linda, embora com as lições que todos nós temos e nem todos aprendem, você aprendeu e nem parece que só tem pouco mais de trinta, ainda és uma adolescente que com certeza irá viver muito e melhor e amei te conhecer, amo conhecer as pessoas, principalmente as que sinto que são assim, lindas!!!
    Abraços e parabéns pela compreensão da vida que tudo dá, mas que também tira para o nosso bem, só para o nosso bem!!!
    Ivone

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações