Sensações Sublimes...




Sensações sublimes evaporaram pelos meus poros,
Um arrepio intenso, percorreu pelo meu corpo,
Tive a impressão de ser sido tocada por ti,
Senti-me  invadida, mesmo que distante da sua presença,
Meu olhar permaneceu vidrado no seu,
Mergulhei sem pensar no mar escuro dos seus olhos,
Acho que tentei inconscientemente hipnotizá-lo,
Mas acabei sendo hipnotizada pelos seus encantos,
Naquele momento tão meu,
Eu queria fugir e levá-lo comigo,
Abrigaria-o  no esconderijo do meu coração,
Na intensidade do que eu sentia,
Tive vontade de contar-lhe  meus segredos,
Queria que fizesse parte deles,
Imaginei-o  para mim e em mim,
Misturei-me  em você, éramos um,
Ilustrei nossas cenas, com as cores mais vivas que pude,
Minha fantasia aflorou incontrolavelmente, na ânsia daquele desejo secreto,
Fiz de ti o mapa do meu tesouro,
Explorei-o  além do corpo,
E sai fora de mim.
Quando alguém chamou-me, voltei a realidade,
Num piscar de olhos, observei-o  ir embora daquele lugar,
Eu quis correr, agarra-lo pela camisa, declarar-me, pedir para que ficasse,
Mas era loucura, eu não sabia quem eras,
Louco absurdo,
E assim deixou-me e eu nem sequer soube seu nome,
Na verdade não sei bem o que aconteceu, só sei que ao vê-lo, sensações sublimes evaporaram pelos meus poros...


Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

18 comentários:

  1. Desconhecidos que despertam sentimentos que não explicamos a causa, até mesmo simpatia ou antipatias as vezes aparecem gratuitamente, Belo Texto Vanessa, tenho certeza que muitas pessoas se identificam com ele! Abçs e tenha uma ótima sexta feira!

    ResponderExcluir
  2. Passei para conhecer o seu blog,
    adorei.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. sensações no corpo e na Alma nossa

    texto lindo e tocante...

    e esse amor é quase irreal|| eu, ao mesno aida não vivi assim,

    abraço grande

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita,
    estou te seguindo aqui tb,
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Uiaaa que Poema tocante da
    até arrepio,mesmo gostando
    do desconhecido,ele é muito
    real fantástico!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Bela poesia, são sensações únicas e preciosas.
    Beijoss XD

    ResponderExcluir
  7. Uma poesia de muito bom
    gosto,são todas lindas
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  8. O poema é uma obra, porém o envolvimento com desconhecido precisa ser cauteloso. Obrigado pela visita.Abração.

    ResponderExcluir
  9. Seus poemas são lindos
    Gostei de todos,esse é
    bem tocante AMEIIII!!!!

    ResponderExcluir
  10. Seus poemas são cheios de encantamento e sensibilidade.Parabéns pelo talento que Deus te deu!

    ResponderExcluir
  11. Olá, amiga!! Passando p informar q já lançamos a 2ª etapa da promo Top Comentaristas! Estaremos sorteando brindes diversos a cada 2 ou 3 meses entre os seguidores q mais comentarem! Esse mês o prêmio foi um livro e quem ganhou foi a Sheyla, parceira Vou-de-Blog, e dona do blog http://blogdmulheres.blogspot.com/
    Acabei de lançar tbm outra forma de divulgação de blogs, os Guest Posts. Caso vc queira participar,dá uma olhada nas regrinhas: http://voudeblog-promos.blogspot.com/2012/01/divulgacao-atraves-de-guest-posts.html
    Bjinhos.
    Lu

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  12. Uau!!!! Quantas emoções ao ler este texto maravilhoso! Amei!

    Eliziane

    www.genuinoblogdaeli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Lindo e profundo. Gosto dessas sensações que evaporam pelos poros.Ótima semana cheia de coisas especiais. Beijos grande!

    ResponderExcluir
  14. Maravilhoso, gostei da uma templete que tinha uma cadeira, não sei se não abriu pq minha nete é trágica, ou se vc trocou mesmo, mas estava lindo, imaginei vc escrevendo seus textos nela, como uma escritora faz, mas acho que não abriu mesmo, metade do seu blog pra mim ta todo branco.

    ResponderExcluir
  15. Belo! Intenso ! Sensual... senti as silabas ardendo sobre a pele, como doces caricias...

    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações