A Guerra no Caminho...


O vento balançava fortemente meus cabelos,
Em pé, a beira da estrada, eu via dois caminhos,
Os dois seduziam-me,
Tinham em comum encantos em sua paisagem,
Mas um deles, era guardado pelo ladrão de almas,
Se me encontrasse, sem piedade levaria-me de mim,
Roubaria-me a alma,
E a atiraria no escuro de um abismo, para que eu pelejasse eternamente,
No outro, eu reconheceria-me na paz almejada do espírito,
Guardada pelo guerreiro do bem,
Parei,
Pensei,
Respirei fundo e segui,
Caminhando sem pensar,
Segui em frente,
Com dúvidas,
E sem certeza,
Segui sem olhar para trás, mesmo sem saber em qual caminho estava,

Mas agora, nada mais importa,
Já estou nele,
Sou atrevida,
Não temo mais o desconhecido,
Cai e levantei tantas vezes,
Fui destruída e de pedaço em pedaço me refiz,
Acostumei a superar meus próprios limites,
Foram tantos os golpes que sofri,
Que aprendi a lutar,
Não restou-me outra alternativa,
Estudei tanto este caminho, durante anos e anos,
Que acabei descobrindo seus atalhos,
Consequentemente, por escolha minha o guerreiro do bem passou a habitar em mim,
Agora, se eu encontrar o ladrão de almas,
Darei-lhe a opção da paz,
Pois a minha alma ele não leva,
E se ele preferir a guerra,
Que seja feita sua vontade,
Eu não terei piedade da sua existência,
Minha missão é exterminá-la,
Não temerei,
Destemida,
Revestida pela força da minha fé,
Roubo-lhe a alma e atiro-a na luz,
Só para vê-lo gritar, a ponto de implorar para voltar nas trevas do seu ser,
Quero vê-lo sufocar-se do bem que há em mim, o bem no qual acredito,
Quero ver sua alma mentirosa, inundar-se pela verdade cristalina,
Quero observar pacientemente, o bem corromper-lhe sua alma enganosa,
Quero vê-lo anular-se de todo o mal,
Para ser reconstituído do bem e do amor emanado por mim,
Depois de causar-lhe todo esse sofrimento,
Tranco-o no paraíso para que veja Deus,
Neste encontro, sentirá o poder dos céus, cair-lhe sobre a cabeça,
Sua maldade se transformará em bem,
Na renovação da evolução,
Nascerá uma nova criatura,
Assim sendo, fiz minha parte e o meu caminho seguirei em paz...






Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

7 comentários:

  1. Vanessa ,que maravilha,lindo,lindo...
    A luz sempre vence as trevas...
    Esta luz que purifica,eleva e ensina o caminho da verdadeira felicidade,paz e chega um pouquinho mais perto de Deus...
    Mesmo que feches os olhos estando na luz sempre será guiado pela luz...
    Otima semana e muita luz no seu camiho....
    Amo...ler você

    ResponderExcluir
  2. É muito dificil ver dois caminhos
    e ter que escolher um....Mas qdo
    temos a certeza de nossa vitéria
    sempre escolhemos o caminho certo

    Muito bonito como sempre adorei!!!

    ResponderExcluir
  3. Ops..nossa Vitória !!!!

    rsrrsrssr

    ResponderExcluir
  4. Fabuloso Vanessa, é muito dificíl mesmo escolher nossos caminhos, as duvidas são tantas, mas é preciso coragem p escolher e sobretudo segui-los, no fim o que for do bem será o mais iluminado, adorei o texto! e Adorei a visita, Abçs

    ResponderExcluir
  5. Muito bonito o texto, é assim a vida cheia de caminhos, que nos conduzem a vários lugares muitas vezes bons outras não o que importa é como disse estarmos prontos para a batalha e jamais temer.

    ResponderExcluir
  6. Oi escritora Vanessa, paz e parabéns pela sua página digital. Vim conhecer e felicitar por este lindo trabalho [...]

    Os caminhos, quantos não? A escolha é sempre difícil, porém, a chegada nos alivia a alma...

    Aproveito e deixo convite para visitar e opinar no meu blog.

    http://wwwteologiavivaeeficaz.blogspot.com/

    Profº Francisco Netto

    ResponderExcluir
  7. Espetacular, quero estar também nesse caminho da paz e encontrar Deus. Amém. Deus te abençoe, você é uma pessoa maravilhosa. bjs

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações