Promessas


O tempo passa e com ele leva mais um ano,
Quantas promessas me fiz e não cumpri,
Disse a mim mesma, que desta vez seria tudo diferente,
Cheguei a fazer uma lista, com inúmeras coisas,
Condicionei-me  a cumpri-las,
Pelo menos era o que eu pensava,
Agora me pergunto,
Será que realmente eu desejei cumprir tudo o que me propus?
A resposta é que não, na verdade eu não esforcei-me, 
Não desejei tanto assim,
Para ser sincera nem tentei,
Mais um ano se passou e tudo ficou exatamente igual,
Dias passaram-se diante dos meus olhos,
E eu não fiz a diferença,
Não cumpri o que me prometi,
O pior de tudo, é a cobrança que ficou impressa na pele como tatuagem,
Tenho que cobrar de alguém, neste caso de mim mesma,
Tenho que ser dura comigo,
A vontade que tenho, é de pegar um chinelo de couro,
Aquele que meu pai usava quando queria resolver as coisas, quem sabe levando umas boas palmadas eu não aprenda,
Mas se isso não resolver, deixarei-me de castigo,
Pois tenho que punir-me de alguma forma,
Tenho que fazer alguma coisa, para amenizar a dor da frustração,
Da tentativa sem tentar,
De querer mudar algo e não ter força de vontade suficiente para consegui-lo,
Agora confesso que tenho medo, não sei quero mais fazer as mesmas tais promessas,
Tenho medo de não conseguir novamente,
Tenho medo, porque não tenho mais tanta confiança em mim, não sei se posso contar comigo,
Afinal, já me deixei na mão tantas vezes.
Mais um ano está terminando, e o próximo se depender da minha vontade, pode correr o risco de ser exatamente assim,
Enquanto eu não convencer-me, que nada muda se eu não mudar,
Meu mundo permanecerá o que é,
Conscientemente instável,
Construído sobre os alicerces sólidos das promessas...








Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

7 comentários:

  1. Fundamental este exame do nosso íntimo, fazendo um balanço sobre o que pretendíamos realizar, o que foi feito e o que não foi feito.Sim, será que ainda há essa vontade de fazer as coisas que ficaram para trás? Talvez se não fizermos uma lista de exigências muito grande consigamos não ficar frustrados. Talvez...

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Vanessa, sermos sinceras dando-nos uma chance de reconhecermos as nossas
    falhas e realmente nos propondo a nos transformar, excelente a tua mensagem, eu não costumo prometer nada, tento fazer o melhor e sei que se as coisas não acontecem como eu gostaria é porque o meu melhor não foi realmente feito, obrigada pelo teu carinho que muito me incentiva, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  3. Mais um ano está terminando, e o próximo se depender da minha vontade, pode correr o risco de ser exatamente assim,



    Ai que esta o problema, não podemos nos acomodar fazemos promessas que não vamos cumprir porque sabemos no fundo que, ou não teremos forças, ou já estamos acostumados com o cotidiano e empurramos com a barriga, que tal deixarmos os medos de lado e termos mais coragem, to precisando disso tbm, deixei muitas promessas no papel quero por em pratica mas precisa de eu fator EU.

    ResponderExcluir
  4. Já nem faço mais promessas pois é duro quando não cumprimos, ótimo texto!

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    Hoje minha visita é para agradecer
    o presente que é para mim
    a sua amizade,
    e também desejar
    um maravilhoso Natal,
    onde possas encontrar nestes dias
    ainda mais inspiração
    para a alegria de ser feliz,
    e para o milagre de fazer
    quem passa por tua vida feliz.

    Que o teu olhar seja a mais perfeita
    luz do Natal a enfeitar o mundo.

    ResponderExcluir
  6. Olá Vanessa, acho importante
    nos superarmos a cada dia ou a cada
    ano,mas penso que estás sendo muito dura consigo mesma,muuuuitos de nós
    se identifica com esse texto porque
    não é fácil nos melhorarmos, mas
    penso que todas as tentativas são
    valorizadas por Deus, então porque
    nós nos culparmos tanto, calma.
    Esse Ano Novo vai ser de muita luz
    a guiar os teus caminhos! Feliz Natal! beijo

    ResponderExcluir
  7. Vim te visitar e deixar meu abraço,minha amizade e meus votos de um FELIZ NATAL, com muita paz, saúde e prosperidade para você e todos de sua família.BOAS FESTAS!!!

    Que DEUS sempre te ilumine e te encha de bençãos por toda sua vida.
    Um carinhoso abraço do amigo,
    RUBI VALENTE
    (Fujioka-Shi, JAPAN).

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações