A Correnteza

Na correnteza de águas frias segue o meu coração,
Percorre por caminhos imaginários e incertos.

Acostumou-se tanto com o atrito impiedoso que o lança contra as pedras,
Que já não sente mais dor,
A dor congelou-se nas águas.

Nesse caminho frio e obscuro meu coração misturou-se ao rio e tornou-se parte dele,
Enquanto o rio segue seu percurso,
Meus sentimentos sao arrastados pela correnteza...








Vanessa P. @ Escritora
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

7 comentários:

  1. É exatamente assim que eu me sinto nesse momento, do jeitinho que vc descreveu.
    O que me fascina nos textos, nos poemas... é essa capacidade que temos de nos identificar com o que o outro escreve ou o dom que o outro tem de, mesmo sem me conhecer e saber de mim, exprimir em palavras o que está dentro do meu coração!
    Eu adorei!
    Beijos, querida, e uma ótima semana!
    Marie
    amoreoutrosdelirios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o poema!
    Meu coração está assim, congelado... me identifiquei com seu verso. Parabéns!
    Bjinhoss XD

    ResponderExcluir
  3. É verdade mesmo sempre que
    lemos um poema,ou algum texto
    temos nossa identificação com
    o escrito....E o meu pobre
    coraçãozinho tbm nesse momento tá
    gelado e indo com a correnteza
    Ah mas ele volta ao normal já
    já abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. passei para conhecer seu blog estou seguindo quando puder façanos uma visita e se puder será uma honra se nos seguir bj

    ResponderExcluir
  5. Olá, sou a nova seguidora desse blog.
    Esse poema, pelo visto mexeu com os corações de todas nós.
    *O amor anda meio ausente na vida da gente ou na "geladeira",
    "Meu coração está misturado ao rio e vai se arrastando...mas sente dor."
    Então ainda não congelou. Bom, né!
    É a Esperança que tudo passe***
    bjusssssss da Mery*
    Visite-me se der, ficarei feliz.

    ResponderExcluir
  6. Como é duro nos sentirmos secos, sem emoções, este poema traduz o que ocorre muito em nossa vida, mas não podemos deixar isso tomar conta jamais.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações