Judas

Confiei em suas palavras,
Mas você atirou-as ao vento sem piedade,
Acreditei,
Confiei,
Decepcionei-me,
Apunhalou-me pelas costas,
Causou-me dor,
Esta noite tive febre,
O que posso dizer sobre você?

Por dinheiro vendeu-me,
Quantas moedas de prata eu valho?
Com certeza valho o mesmo que sua ética e seu caráter!

Não sei quem tu és,
Mas sei com quem se parece,
Judas!
Esse agora é o seu nome!







Poema dedicado a traição que sofri no meu antigo trabalho




Vanessa P. @ Escritora
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

5 comentários:

  1. Quantos Judas existem por aí... desviamos deles sempre que podemos, sabemos...
    Boa semana, amiga
    Beijos,
    Marie
    amoreoutrosdelirios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Traição pra mim não tem perdão. Sei que os maiores prejudicados somos nós, pois o rancor é a principal fonte de doenças, etc., e adivinhem quem é que sofre.. ninguém merece um Judas ao seu lado, não desejaria isso nem para quem "não gosto"..rs.
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  3. E quantas vezes já passei por isso, te entendo perfeitamente.

    ResponderExcluir
  4. Judas siempre ha sido un personaje bíblico que ha despertado la imaginación de muchos autores. Da muchísimo juego. Hay quien piensa que fue el mejor amigo de Jesús, que fue Él mismo quien le pidió que le traicionara, y Judas lo con dolor para salvar al mundo. Hermoso poema. Besos!

    ResponderExcluir
  5. Palavras duras, mas necessárias.
    Bj querida amiga

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações