Compreensão


Onde você está agora?
Onde estão seus pensamentos?
Onde está a alegria que eu sentia ao ver-te?
Onde foi parar o som da sua voz?
Onde estará nossas conversas?
Onde estão nossos abraços?
Os momentos de ternura e carinho que vivenciamos,
Seu amparo?
Onde estarão os conselhos que me deste?
E suas atitudes ao defender-me?
Em que parte do tempo isso tudo ficou registrado?
Por que será que classificaram o tempo como passado?
Por que não podemos permanecer no presente?
Por que será que dói tanto quando estás ausente? 
Por que será que não consigo aceitar sua partida?
Por que inventaram a saudade?
Quem criou a dor?
Por que é tão difícil enfrentar o medo,
Por que tantas vezes ele nos vence?
Por que nunca estamos preparados, para deixar o mundo sem consentimento,
Por que será que sempre perdemos essa batalha?
Por que já nascemos com um fim determinado?
Por que será que é tão difícil aceitar, que pessoas que amamos se foram,
E que um dia, inevitavelmente,
Este plano físico também iremos deixar!
Por que é tão difícil aceitar esta separação mas conhecida como morte?
Não sei!
Ainda não compreendo,
Preciso de entendimento,
De evolução, só assim aliviarei meu coração...





Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

11 comentários:

  1. Olá Escritora,
    também escrevi sobre perder
    alguém, em uma poesia intitulada
    "casa vazia".
    acho que nada se perde, tudo que
    aprendemos e vivemos neste mundo
    será pra sempre a nossa bagagem, e
    as pessoas que passam na nossa vida
    serão laços eternos.
    É claro que é difícil lidar com a saudade, com a ausência, mas um dia em algum lugar nos encontra-
    remos.
    Penso que tem que haver o escuro
    pra darmos valor a luz,a dor pra que nossos momentos de alegria sejam valorizados, o medo para que
    possamos nos tornar vencedores.
    abração

    ResponderExcluir
  2. Prefiro acreditar que a morte nada mais é que um recomeço, duro é a sensação de perda para quem fica.

    parabens....

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelos comentários
    incentivadores.
    Fica com Deus!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    São tantos os porquês em nossas vidas. Acredito que se formos buscar respostas para tudo, correremos o risco de perdermos a fé em Deus e nos homens. Acho importante compartilhar nossas dores, pois dessa forma diminuem de intensidade e com o tempo (sábio) encontramos novos motivos viver, e sorrir...
    Abraço, Vera Mosmann.

    ResponderExcluir
  5. Sí, la vida nos interroga, nos interpela al drama de la existencia, con la omnipresente realidad de la Muerte: vivamos, vivamos.
    Espléndido tu poema.
    Saludos blogueros

    ResponderExcluir
  6. Te sigo ya. Gracias por seguir il mio blog. Saludos

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de ter as respostas
    certas para essas perguntas!
    Onde está vc que partiu eu chorei
    e choro muito de saudade....
    Só sei que a morte é uma separação
    que dói,é temporária e um dia
    espero encontrar todos aqueles
    que perdi e que amo!!!!

    ResponderExcluir
  8. A perda de alguém que nós amamos será sempre lembrada em nossas memórias, sempre continuamos questionando o porquê. Fica a dor e o conforto de saber que continuam vivos em nossos corações.

    Lindo seu cantinho.
    Um abraço
    oa.s

    ResponderExcluir
  9. Olá bom dia!!
    Grata pela visita e por me seguir.
    Gostei do seu blog.

    Parabéns :)

    ResponderExcluir
  10. Tantas perguntas,contudo só no final saberemos a resposta. Sera?
    Linda poesia.
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações