Tão Perto e Tão Longe


Tão Perto e Tão Longe

Estamos assim,
Tão perto,
Tão próximos e ao mesmo tempo tão longe do coração um do outro,
Sinto as vezes,
Que a distancia está ganhando uma forma real,
Tenho medo de que essa forma,
Transforme-se num abismo negro sem fim,
Tenho medo,
Porque sei que se cairmos nele,
Não conseguiremos mais voltar para a superfície,
Nos perderemos um do outro dentro dele,
Cairemos sem parar,
Sem chegar ao fundo,
Nem isso teremos,
Viveremos inconstantes pairados no ar.

Quando a distancia chega ao coração é sinal de alerta,
Se a distancia física é de apenas algumas paredes, ou nem isso,
Podemos estar lado a lado,
Mas nossos corações parecem que saíram de cena por conta própria,
Deixando um vazio enorme dentro do peito,
Sinto falta do meu coração disparando,
Sinto falta da alegria,
Sinto falta de você,
Sinto falta de mim.

Sei também que você sente o mesmo,
Vejo em seus olhos castanhos escuros,
Que a nossa relação está escurecendo,
Chegando neste mesmo tom,
Quero poder fazer alguma coisa para nos resgatar,
Penso em mil coisas,
Tento solucionar os problemas,
Mas assim como você,
Não consigo agir,
Sinto-me presa nas teias invisíveis que nós mesmos criamos,
As vezes sinto,
Que morreremos sufocados no nosso próprio veneno, engraçado não é?
Estamos produzindo veneno,
Mas não somos capazes de produzir o antídoto para ele!
Sem entender,
Permanecemos assim,
Tão perto e tão longe da resposta que buscamos.
Onde estão nossos corações neste momento?
Não sei, nem você sabe...






Poema de Vanessa P. @ Escritora
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

7 comentários:

  1. oi

    obrigada pela visita e por estar seguindo o blog, seguindo seu tb :)

    bom fds p vc

    estilorosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Passei pelo blog e adorei! Visitarei mais vezes!
    Eliziane

    www.genuinoblogdaeli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Quando a distância é real, a separação fica por um triz. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  4. Esse poema ratrata a vida a
    dois..Concordo sim qdo sentimos
    isso é hora de agir bem rápido
    pra solucionar onde está o prolblema
    Que muitas vezes a gente acaba perdendo..Assim é que fica.
    TÃO PERTO E TÃO LONGE!!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns seu Blog está lindo
    e seus poemas são de muito bom
    gosto!!!
    Gostei de todos abraços!

    ResponderExcluir
  6. Un placer entrar en tu casa,interesante poema,un abrazo.J.R.

    ResponderExcluir
  7. Já passei por isso, mas conseguimos ir buscar no fundo do ser a vontade de estar junto novamente, e transformamos o desejo, num amor doce e calmo.

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo(a) aqui, comente, se expresse!

Deixe-me que Te Leia...


Voltem sempre e saudações a tod@s!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Não posso, não quero e não vou fugir do que sou, sou a soma de todos os meus atos, sou o resultado de tudo que fiz e vivi, e vivendo na intensidade de mim, me tornei única!



Vanessa Palombo

Categorias

Arquivo

Visualizações